Civilização

A crise não é socioambiental, é civilizatória

"As economias capitalista e comunista, para ficar só nessas duas, não diferem na forma como extraem e transformam os recursos naturais." Vilmar Berna Os problemas ambientais atingem a todos, independente de classe social, mas é óbvio que os pobres, que não tem como se defender, acabam sendo mais atingidos e são obrigados a migrar para não perecerem. Isso não significa que ser rico servirá de salvo conduto para livrar uma pequena parcela de nossa espécie dos problemas ambientais....

Leia mais...

O crescimento não pode ser uma religião.

“O crescimento não pode ser uma religião. A sociedade do futuro deve ser frugal.” Entrevista com Serge Latouche. Serge Latouche é conhecido na Itália como o autor do Breve trattato sulla decrescita serena [Breve tratado sobre o decrescimento sereno], que saiu em tradução italiana em 2007, despertando um amplo interesse no país. Sobre o seu pensamento, desenvolveu-se um movimento político cultural de crítica radical do modelo econômico dominante. A reportagem é de Francesca Santonini,...

Leia mais...

A crise brasileira e a geopolítica mundial

"Falam de democracia mas, na verdade, querem torná-la insignificante para dar lugar ao mercado e à internacionalização da economia." Leonardo Boff Seria errôneo pensar a crise do Brasil apenas a partir do Brasil. Este está inserido no equilíbrio de forças mundiais do âmbito na assim chamada nova guerra fria que envolve principalmente os EUA e a China. A espionagem norte-americana, como revelou Snowden, atingiu a Petrobrás e as reservas do pré-sal e não poupou até a...

Leia mais...

Para entender o fenômeno da crise

A crise sistêmica é grave porque ela carrega dentro de seu bojo a possibilidade da destruição da vida sobre o planeta e eventualmente o desaparecimento da espécie humana. Leonardo Boff Raramente na história houve tanta acumulação de situações de crise como no atual momento. Algumas são conjunturais e superáveis. Outras são estruturais e exigem mudanças profundas, como por exemplo, a reforma política e tributária brasileira. Mas há uma crise que se apresenta sistêmica e que recobre toda a...

Leia mais...

ONU reconhece falhas para atingir Objetivos do Milênio

CLIPPING A Organização das Nações Unidas (ONU) reconhece que houve falhas na tentativa de alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs), mas acredita que eles “servirão de ponto de partida para a nova agenda de desenvolvimento sustentável”. O último relatório sobre os objetivos, produzido pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU e que faz uma avaliação anual dos progressos mundiais e regionais, conclui que as oito metas estabelecidas pela Declaração do Milênio,...

Leia mais...

Promissores ventos de mudanças políticas vindos da Espanha

“Disseram nas praças que, sim, é possível, e nós dizemos hoje que podemos.” (Pablo Iglesias) Sandra Mara Ortegosa Os novos e promissores ventos de mudanças políticas, vindos da Espanha, renovam as esperanças em corações e mentes mundo afora, emergindo como um possível marco histórico de início de uma nova era pós-partidos. A perda de legitimidade dos políticos e a crise moral que vem corroendo o sistema político-partidário são as causas principais da explosão dessa mudança em...

Leia mais...

O “Bóson de Higgs” e os caminhos que se bifurcam

"O ímpeto acelerado do indivíduo egoísta impede a continuação da espécie em nome de viver o desejo do momento." Dib Curi O ser humano e a sociedade estão se tornando bastante previsíveis e muitas vezes chatos. Assuntos, rotinas e condutas se repetem diariamente sem nos darmos conta do labirinto onde nos metemos. Parece que acordamos sempre no mesmo dia que nunca passa. Felizmente, há algumas práticas que nos levam à possibilidades que se bifurcam na passagem de nossa espécie...

Leia mais...

A fervura da sustentabilidade

A pior perda que podemos sofrer não é a de um bem material, ou uma cicatriz no corpo físico, mas é quando deixamos de acreditar no próximo, no amor, que um mundo melhor seja possível, que mudar irá valer a pena, e aí o cinismo, a indiferença, a descrença, a falta de gentileza toma o lugar da esperança. Vilmar Berna Vivemos novos tempos, novos desafios, em que somos convocados a ser agentes ativos no processo da mudança para a sustentabilidade. Entre estes desafios está o de ter e...

Leia mais...

O fim do ser humano

A política, por exemplo, tornou-se uma passarela privilegiada onde desfila a farsa completa que muitos de nós se tornaram... Dib Curi Um dos grandes problemas da mentalidade atual é que consideramos o passado como inferior à nós ou até mesmo como um tempo primitivo. Gostamos muito do passado, mas somente como uma espécie de bibelô que guardamos em museus ou em livros, algo de valor sentimental sem dúvida, mas raramente a sabedoria viva de nossos antepassados. Muitas opções de vida boa...

Leia mais...

A conjuntura eleitoral e o vazio de alternativas políticas renovadoras

“Política renovada significa iniciativas inovadoras, em essência, palavras e atos, visão e experiência, que se traduzem por um redirecionamento de forças e afetos para o objetivo comum. Queremos uma organização política diferente, que abra à sociedade uma porta para se engajar na quebra do monopólio que os atuais partidos exercem sobre o Estado, demonstrando que outra forma de governabilidade e poder político é possível e viável.” (Manifesto da Rede Sustentabilidade) Sandra Mara Ortegosa ...

Leia mais...

Sustentável sim, mas para quem?

Seria muito cômodo acreditar que só os donos do poder econômico e político são egoístas, materialistas e hipócritas. Na verdade, cada um de nós que coloca a sua idéia de felicidade, sucesso, prestígio ou reconhecimento social no acúmulo de bens e dinheiro reforça esse modelo. Vilmar Berna O planeta não é um enorme armazém de recursos infinitos, por um lado, e uma enorme lixeira capaz de absorver indefinidamente os nossos restos, por outro. O atual modelo de desenvolvimento tem usado o...

Leia mais...

28 sinais de que o planeta está em perigo

Águas contaminadas, ar poluído, solo degradado, desequilíbrio ecológico, clima em transe...Os alertas são claros: o mundo agoniza — e nós também O dia 5 de junho foi o Dia Mundial do Meio Ambiente. Para nós, urbanoides, pode parecer algo distante e vago. Há tempos, a humanidade se distanciou da natureza a ponto de se julgar autosuficiente e independente do meio ambiente. Mas o ritmo das transformações pelas quais o mundo vem passando está se acelerando e seria um perigo ignorar isso. É...

Leia mais...

População precisará de 40% a mais de água em 2030

Na mesma semana em que se comemorou o Dia Mundial da Água (22 de março), a Organização das Nações Unidas (ONU) previu que, em 2030, a população global vai necessitar de 35% a mais de alimento, 40% a mais de água e 50% a mais de energia. Neste ano, as celebrações giram em torno do tema Água e Energia e a relação arraigada entre esses dois elementos foi destaque na reunião da ONU, em Tóquio, para celebrar o dia. Água e energia estão entre os desafios globais mais iminentes,...

Leia mais...

Quanto de barbárie existe ainda dentro de nós?

O ser humano é uma equação ainda não resolvida: cloaca de perversidade para usar uma expressão de Pascal e ao mesmo tempo irradiação de bondade de uma Irmã Dulce na Bahia que aliviava os padecimentos dos mais miseráveis. Leonardo Boff Perversidades sempre existiram na humanidade, mas hoje com a proliferação dos meios de comunicação, algumas ganham relevância e suscitam especial indignação. O caso mais clamoroso, nos inícios de maio de 2014, foi o linchamento da inocente Fabiane Maria de...

Leia mais...

A opressão dos bancos

Por que são oferecidas tantas vantagens para essas instituições que não produzem nada, que não operam com recursos próprios e que são praticamente obrigatórias em nossa sociedade? * Claudio Verbicário No dia 12 de janeiro de 2011 a região serrana do Estado do Rio de Janeiro foi assolada pela maior catástrofe natural até então ocorrida em território nacional. Em poucas horas as chuvas ceifaram a vida de pelo menos 905 pessoas, deixando aproximadamente 30 mil desalojados e...

Leia mais...

Relatório adverte sobre futuro sombrio do clima

Secas, inundações, conflitos, perdas econômicas cada vez mais profundas. Este é o cenário que aguarda o planeta caso não se reduzam as emissões de dióxido de carbono (CO2), advertem cientistas da ONU em seu próximo relatório sobre o aquecimento global. O rascunho do próximo informe do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), ao qual a AFP teve acesso, faz parte de um amplo estudo que contribuirá para determinar políticas e orientar negociações nos...

Leia mais...

A raiz última da crise ecológica

"Esta é a grande ruptura com a natureza e com o Criador que subjaz à crise ecológica. O problema está no tipo de ser humano que se forjou na história, mais uma “força geofísica de destruição”que um fator de cuidado e preservação." * Leonardo Boff Há muitas causas que levaram à atual crise ecológica. Mas temos que chegar à última: a ruptura permanente da re-ligação básica que o ser humano introduziu, alimentou e perpetuou com o conjunto do universo e com seu Criador. ...

Leia mais...

Os Dez Mandamentos do “Amigo do Planeta”

*Vilmar Berna 1 - Só Jogue Lixo no Lugar Certo É horrível quando a gente vê alguém jogando lixo no chão. As ruas, praças e qualquer logradouro público não são terra de ninguém, mas pertencem a todos. Você não jogaria lixo na casa de alguém, jogaria? Pois é, a rua pertence a todos, tem muitos donos. O lixo espalhado, além de atrair ratos, moscas, mosquitos, cria um aspecto horrível de poluição em sua cidade. E, depois, custa muito dinheiro de impostos para limpar, dinheiro que podia estar...

Leia mais...

A permeabilidade da política à influência do dinheiro

No Brasil, o mais rico pode, licitamente, influenciar mais a escolha política. A OAB sustenta a inconstitucionalidade das doações de pessoas jurídicas. Fernando Gaspar Neisser (*) O Supremo Tribunal Federal pautou para o dia 10 de dezembro, o início do julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 4650, ajuizada pela Ordem dos Advogados do Brasil. Sustenta-se na inicial a inconstitucionalidade das doações de pessoas jurídicas para candidatos, coligações e partidos políticos....

Leia mais...

7 milhões de mortes associadas à poluição

Cerca de 7 milhões de pessoas morreram em 2012 por exposição à poluição do ar, que se transformou no maior fator de risco ambiental para a saúde no mundo, alertou nesta terça-feira (25) a Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo os novos dados divulgados nesta terça-feira, uma em cada oito mortes naquele ano foi causada pela exposição à poluição do ar, dado que duplica números anteriores e confirma que a poluição do ar é agora o maior fator de risco ambiental para a saúde humana. Reduzir a...

Leia mais...

A erosão do sentido da vida e as manifestações de rua

“(...) nossos desafios ambientais, econômicos, políticos, sociais e espirituais estão interligados”; é esta interligação real mas, em parte inconsciente, que leva milhares às ruas querendo outro mundo possível e agora necessário. Está lentamente ficando claro que as massivas manifestações de rua ocorridas nos últimos tempos no Brasil e também pelo mundo afora, expressam mais que reivindicações puntuais, como uma melhor qualidade do transporte urbano, melhor saúde, educação, saneamento,...

Leia mais...

Protestos transbordam das redes sociais para as ruas no Brasil e no mundo

“A única verdadeira utopia é acreditar que as coisas possam continuar indefinidamente como estão”. (Slavoj Zizek) Sandra Ortegosa O emblemático mês de junho de 2013, marcado pelas múltiplas manifestações convocadas pelas redes sociais da internet sem participação de partidos políticos, sindicatos ou outros meios tradicionais de organização política, que levaram mais de um milhão e meio de brasileiros às ruas, provavelmente será visto no futuro como um ponto de inflexão na história política do...

Leia mais...

O sonho de uma civilização realmente planetária

“Em parte, o desamparo atual que toma conta de grande parte da humanidade, se deriva de nossa incapacidade de sonhar e de projetar utopias.” Leonardo Boff Em parte, o desamparo atual que toma conta de grande parte da humanidade, se deriva de nossa incapacidade de sonhar e de projetar utopias. Não qualquer utopia. Mas aquelas necessárias que podem se transformar em topias, quer dizer, em algo que se realiza, mesmo imperfeitamente, nas condições de nossa história. Caso contrário, nosso futuro...

Leia mais...

A gravidade da crise planetária

“A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar.” (Eduardo Galeano) Por: Sandra Mara Ortegosa Como resultado do avanço da globalização capitalista e do neoliberalismo, nos últimos trinta anos o mundo ingressou numa situação de crescente desemprego, exclusão social, violência e degradação...

Leia mais...

Coorporações financeiras corromperam os EUA, diz autor

Em "O Sequestro da América", Charles Ferguson aprofunda o debate sobre os problemas econômicos enfrentados pelos EUA que resultaram na crise de 2008, a maior desde a Grande Depressão de 1929, e as suas consequências sociais e políticas. No livro, Ferguson aprofunda o tema de "Trabalho Interno" No livro, o autor de "Trabalho Interno", vencedor do Oscar de melhor documentário em 2011, investiga o que deu errado na economia norte-americana e relaciona seu início a...

Leia mais...

Catástrofes naturais e humanas custaram US$ 186 bi em 2012

As catástrofes naturais e humanas custaram US$ 186 bilhões em 2012, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira pela companhia de seguros suíça Swiss Re. As perdas seguradas chegaram a US$ 77 bilhões, fazendo de 2012 o terceiro ano mais caro na história dos seguros, informou o grupo suíço em um comunicado. O total é, no entanto, inferior ao de 2011, marcado por um número recorde de terremotos e também pelo tsunami que atingiu a costa do Japão. Em 2011, as perdas seguradas foram de US$...

Leia mais...

Pelo menos 110 países já consideram as mudanças climáticas uma questão de segurança nacional

28/03/2013 Uma pesquisa realizada pela American Security Project (ASP), uma entidade sem fins lucrativos que tem como objetivo avaliar assuntos que possam representar riscos para a segurança dos Estados Unidos, analisou as estratégias de defesa e políticas militares de 155 países e descobriu que pelo menos 110 deles já classificam as mudanças climáticas como uma questão de segurança. Entre essas nações estão todas as grandes potências mundiais, como Estados Unidos, China, Rússia, Japão e...

Leia mais...

Papa pede que líderes sejam mais responsáveis

Papa pede a líderes políticos que sejam responsáveis e evitem destruição e mortes Vaticano – Dirigindo-se, como de costume, aos cardeais e fiéis chamando-os de “queridos irmãos e irmãs”, o papa Francisco apelou no dia 19 de março aos líderes políticos para que sejam responsáveis. Ele usou as expressões “por favor” e “pedir” ao se dirigir aos líderes para que assumam o papel de “guardiões”, afastando os riscos de destruição e morte no mundo. O apelo ocorreu na missa que marca o começo de seu...

Leia mais...

Reservas de energia alternativa no Brasil e nos Estados Unidos podem ser maiores do que as de combustível fóssil

20/03/2013 Quando se compara as energias renováveis às fontes fósseis, é muito comum considerar a capacidade e a geração atuais das energias limpas, enquanto que em se tratando dos combustíveis fósseis, o usual é levar em consideração também a possível contribuição para as futuras décadas. De fato, é difícil mensurar e comparar o potencial entre renováveis e fósseis. Mas pela primeira vez, um novo estudo da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) colocou o potencial de energias fósseis e...

Leia mais...