26/11/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

No Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, foi disponibilizado, via internet, o serviço Tecle Mulher.

A coordenadoria Gênero, Cidadania e Direitos Humanos da Fundação Natureza, lançou, no dia 25 de novembro, o serviço, via internet, Tecle Mulher de orientação e encaminhamento às mulheres vítimas de violência que têm acesso a essa tecnologia de informação.

Independentemente da própria concepção individual sobre o desenvolvimento tecnológico, ele avança, a cada minuto, em ritmo espantoso e de forma extremamente elitista. Especificamente no que se insere sobre a internet, a sua democratização é um processo novo que envolve a promoção dos direitos humanos universais e que, através do www.teclemulher.com.br, nos servimos dela para ser “o remédio” das mulheres que sofrem a dor da violência.

Construir uma identidade humana dentro dos ambientes tecnológicos é um desafio para o século XXI no qual estamos consolidando nossas perspectivas de mudança social através da promoção dos Direitos Humanos.

O Tecle Mulher vem, dessa forma, constituir um novo parâmetro dos sites de relacionamentos interpessoais, onde não existe o contexto limítrofe da distância e onde o teclar das mulheres que solicitam ajuda tem a resposta pronta a um encaminhamento às redes de serviços públicos de atendimento, já formalizadas, ou, simplesmente, uma resposta de alento, compreensão e ajuda. .

Existe, atualmente, um campo vasto de estudos e estatísticas pautadas em serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência, principalmente das capitais do país e, geralmente, advindos das DEAMs – Delegacias Especializadas no Atendimento às Mulheres, dos diversos Centros de Referência da Mulher, dos Serviços telefônicos “Disque Mulher” e dos serviços públicos da justiça. A maioria desses estudos foi pautada no atendimento de mulheres menos escolarizadas, da faixa etária entre os 30 e 40 anos de idade, casadas ou com uma união estável de longos anos, donas de casa e mães de famílias.

O Tecle Mulher pretende poder estar obtendo novos e importantes dados de um segmento diferenciado da sociedade feminina, com um nível mais alto de escolaridade, trabalhadoras de diversos campos da sociedade e de diversas faixas etárias, mas da mesma maneira, sujeito às várias formas de violência de gênero.

A Equipe Técnica do serviço é constituída de psicólogas e advogadas com grande experiência e atuação na área específica da violência de gênero.

É um grande desafio: A promoção da cidadania das mulheres através de uma tecnologia humanizada para a promoção de uma cultura de paz.

Tecle Mulher: www.teclemulher.com.br

Contato: Laura Mury - Coordenadora Geral da Fundação Natureza lauramury@fundacaonatureza.org.br

Tel: (22) 25278623

Por: Divulgação