24/11/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Para reduzir consumo de energia, governo quer substituir 1 milhão de geladeiras até 2010

O governo federal estuda a implementação de um programa que tem por objetivo promover a substituição de 1 milhão de geladeiras até 2010. O intuito do programa Geladeiras Eficientes é conseguir reduzir o consumo de energia no país.

A informação é do gerente de Projetos do Ministério de Minas e Energia, Paulo Augusto Leonelli, que participou hoje (22) do Seminário Latino-Americano de Eficiência Energética, promovido pela Eletrobrás, no Rio de Janeiro.

“A idéia desse programa é fazer uma sinergia com um programa já existentes no âmbito da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], onde as concessionárias serão estimuladas a se engajarem, via isenção fiscal, assim como os consumidores, que terão geladeiras eficientes a preços mais baratos e subsidiados”.

Segundo ele, ainda não há um desenho final do programa, mas a intenção é lançá-lo já no ano que vem.

“Não há como doar 1 milhão de geladeiras, então teremos que encontrar uma fórmula de redução tarifária ou formas de incentivo para empresas e consumidores”, explicou Leonelli.

O Seminário Latino-Americano de Eficiência Energética será realizado até amanhã (23) e reúne autoridades do setor de energia de países como o Brasil, a Argentina, o Chile, a Costa Rica e o México, que relatarão suas experiências e perspectivas sobre o setor energético e os programas de eficiência no consumo de energia.

Também será discutida a criação de um Fórum Latino-Americano destinado a formular estratégias e aprimorar ações de economia de energia no continente.

Por Nielmar de Oliveira

Por: Agência Brasil