03/11/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Definida a programação de palestras na Maratona do Turismo

A Maratona do Turismo, que entre os próximos dias 4 e 11 vai buscar sensibilizar a população friburguense sobre a importância do turismo como fonte geradora de emprego e renda para o município, contará com diversas palestras sobre a força do setor. As palestras sob a coordenação do Sebrae acontecerão na Tenda do Turismo, que já está sendo montada na Praça Dermeval Barbosa Moreira.

O espaço concentrará ainda diversas atividades do evento, que é inédito no Brasil. Na segunda-feira, 5, será discutida “A integração regional como ferramenta de promoção” com a superintendente do Convention Bureau de Uberlândia (MG), Marise Carrijo, às 19h, na Associação Comercial.

Já na terça-feira, 6, o consultor do Sebrae abordará “A construção da imagem de um destino turístico”, também às 19h, no Teatro Irmã Sania Cosmelli, do Colégio Nossa Senhora das Dores. Na quarta-feira, 7, o tema será “Uma cidade, um estado, um país: o turismo como diferencial competitivo de um povo”, com o gerente de turismo da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, Evany Noel, às 19h, no auditório da Casa da Cultura.

Na quinta-feira, 8, e na sexta-feira, 9, serão discutidos o turismo como gerador de emprego e renda, com o consultor do Sebrae de São Paulo José Bento e o sucesso de um destino turístico com exemplos de casos de sucesso, como o circuito Tere-Fri, a cargo do gerente geral do Hotel Fazenda São Moritz, Nauro Grehs, ambas no auditório do Senai, às 19h.

A secretária de Turismo de Nova Friburgo, Cristina Bravo (foto), destaca ainda as palestras de sensibilização que acontecerão em escolas públicas e particulares. A intenção será conscientizar cerca de 1.500 crianças e jovens sobre como a vinda de visitantes ao município pode se reverter em benefícios para todos os setores com as palestras Integração Turismo-Escola.

“Quando o turista chega a uma cidade, geralmente ele pára num posto de gasolina ou numa loja para pedir informações sobre a cidade, como e onde se hospedar, almoçar e visitar pontos turísticos. Se os friburguenses não souberem dar informações básicas aos turistas, a economia local em geral se enfraquece”, observa, lembrando que o turista sempre compra alguma coisa na cidade e, se for bem tratado, volta e gasta mais dinheiro.

A Maratona do Turismo contará ao todo com dez ações em vários locais do município. Uma delas será a distribuição da Cartilha do Turismo, que reúne informações básicas sobre serviços, relações de hotéis e restaurantes, pousadas e pontos turísticos com telefones, além do programa de incentivo Senhor turista, posso ajudar?, destinado à boa prestação de informações aos visitantes pelos jornaleiros, taxistas, guardas municipais e frentistas; gincanas entre os circuitos turísticos; e a parceria do comércio na boa recepção aos visitantes. A maratona tem o apoio do Ministério do Turismo, da TurisRio e do Sebrae, com realização da Prefeitura e Convention Bureau.

Por: A Voz da Serra

Por: A Voz da Serra