24/10/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Quantidade de CO2 na atmosfera aumenta mais rápido que o previsto

O crescimento econômico mundial provocou um aumento na quantidade de CO2 (dióxido de carbono) na atmosfera em um ritmo muito mais intenso que o previsto, afirmaram cientistas em um estudo publicado nesta segunda-feira (22), nos Estados Unidos.

"O aumento da quantidade de dióxido de carbono cresce 35% mais rapidamente do que o que nós acreditávamos em 2000", afirmou, em um comunicado, um dos organismos responsáveis por este estudo, o BAS (British Antartic Survey), da Proceedings of the National Academy of Sciences.

Um emprego abusivo dos combustíveis provocou um acréscimo de 17% na taxa de CO2. Os 18% restantes estão ligados ao declínio da capacidade de absorção de gás pelas florestas e oceanos, revela a pesquisa.

Saturação - "Há 50 anos, para cada tonelada de CO2 emitida, 600 quilos eram eliminados naturalmente. Em 2006, apenas 550 quilos foram eliminados por tonelada e este número vem diminuindo", explicou o responsável pelo estudo, Pep Canadell, do Projeto Global do Carbono, em nota.

Cerca de 10 bilhões de toneladas de gás carbônico foram emitidas no mundo em 2006, o que representa um aumento de 35% em relação a 1990.

O protocolo de Kyoto fixou o objetivo de registrar em 2012 a emissão de gáses produtores do efeito estufa em um nível 5% inferior ao dos anos 1990.

Por: Jornal do Meio Ambiente/Carbono Brasil/Folha On Line