19/10/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Forças Armadas se dispõem a ajudar no combate ao desmatamento, afirma Jobim

Cruzeiro do Sul (AC) - O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou que as Forças Armadas estão dispostas a participar do combate ao desmatamento na Amazônia, que teve confirmado hoje (16) aumento no período entre junho e setembro.

“Em primeiro lugar, segundo o relatório, o desmatamento, na perspectiva macro, reduziu-se”, comentou o ministro, que segue em viagem a áreas de fronteira na região. “Estamos verificando é que, comparando com o mesmo período do ano passado, tivemos um aumento. As Forças Armadas, os pelotões de fronteira, e os batalhões de infantaria de selva estão dispostos a prestar toda a assessoria ao Ministério do Meio Ambiente, para coibir o problema e fazer um trabalho conjunto para reduzir e manter a redução do grau de desmatamento.”

Segundo Jobim, para atuar na questão, por não ter competência direta, o Exército depende de solicitações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Ministério do Meio Ambiente e da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Diante de pergunta de jornalista sobre se o relatório alimenta as críticas de que o país não cuida bem da floresta amazônica, ele respondeu: “Qualquer motivo é elemento para esse discurso. Precisamos desprezar esse tipo de discurso porque estamos trabalhando e este é um assunto nosso, não destruímos nenhuma mata além daquelas que já foram destruídas pelos próprios europeus e americanos.”

Alex Rodrigues

Por: Agencia Brasil