11/10/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Bush propõe criação de fundo internacional para financiar projetos de energia limpa

Washington (EUA) - No segundo e último dia do Encontro das Maiores Economias sobre Segurança Energéticae Mudanças Climáticas, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, propôs a criação de um fundo internacional para financiar tecnologias de energia e desenvolvimento limpo, especialmente nos países em desenvolvimento. Segundo ele, os Estados Unidos estão prontos para liderar os esforços para reduzir a emissão de gases poluentes sem comprometer a economia global.

"A chave para enfrentar o desafio das mudanças climáticas são as novas tecnologias", afirmou Bush, que pediu aos representantes dos 15 países convidados para o evento que levassem a proposta de criação do fundo para seus governos. "Temos que desenvolver energia limpa, mas de uma forma que não coloque em risco o desenvolvimento econômico.''

Em seu discurso, o presidente dos Estados Unidos defendeu a busca de fontes energéticas que não dependam do petróleo. Bush também voltou a apoiar o investimento em biocombustíveis e disse que o governo norte-americano pretende ampliar as parcerias com países como Brasil e a Austrália para reduzir o desmatamento.

O encontro convocado pela Casa Branca causou polêmica na comunidade internacional, que considera a Organização das Nações Unidas (ONU) o foro mais adequado para o debate sobre mudanças climáticas. Atos promovidos por organizações da sociedade civil em Washington criticam a política norte-americana para o meio ambiente e a tentativa de Bush de liderar os debates a partir de agora.

Juliana Cézar Nunes

Enviada especial

Por: Agencia Brasil