11/06/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Fundação Joanna de Ângelis promove projeto de apoio a adolescentes grávidas

Programa é desenvolvido por meio de um convênio com a Secretaria de Bem-Estar Social de Rio das Ostras

Com o objetivo de dar apoio a adolescentes grávidas, a Fundação Joanna de Ângelis, em Rio das Ostras, desenvolve o projeto AdoleSER com Gravidez, que atende jovens de 12 a 18 anos. O programa é desenvolvido por meio de um convênio com a Secretaria de Bem-Estar Social da Prefeitura de Rio das Ostras.

As adolescentes freqüentam a sede da Fundação duas vezes por semana, onde participam de oficinas de artesanato, culinária, bijuteria, costura, reciclagem, informática e reforço escolar, além de sessões de biodança e fisioterapia. As gestantes também recebem apoio psicológico e jurídico, refeições, vale-transporte e um enxoval, que é confeccionado por voluntárias com a ajuda das próprias gestantes. Uma assistente social visita as residências para fazer um acompanhamento das famílias das jovens.

- O objetivo do programa é esclarecer as adolescentes sobre assuntos ligados à gravidez e aos bebês, além de oferecer oportunidade de gerar renda com o que aprendem nas oficinas – diz o presidente da Fundação, Luiz Felipe Cardoso.

Para fazer parte do AdoleSER com Gravidez, as jovens devem apresentar a carteira do Pré-Natal. Caso não estejam fazendo o acompanhamento médico, as gestantes são encaminhadas para o serviço de saúde.

- Também temos um fisioterapeuta e uma enfermeira que fazem um trabalho preventivo com as jovens, orientando sobre cuidados no período da gravidez e com os bebês – diz Cardoso.

O projeto, que atualmente atende 11 adolescentes, tem capacidade para atender 40 jovens, sendo que 29 gestantes já foram beneficiadas pelo programa.

A Fundação Joanna de Ângelis desenvolve projetos voltados para o atendimento a adolescentes, que participam de oficinas educativas e recebem apoio psicológico. Está em fase de implantação o Projeto Pai Menino, voltado para os jovens pais, que recebem apoio psicológico e participam de atividades educativas para que possam ser encaminhados para empresas da região dentro da lei do Jovem Aprendiz.

Os interessados em participar das atividades, atuar como voluntários ou contribuir com a Fundação podem ir até a sede da instituição, que fica na Rua Vassouras, Lote 20, Quadra 16, no Jardim Mariléa ou entrar em contato pelo telefone (22) 2764-9273.

Por: Secretaria de Comunicação da PMRO