03/10/2011 Noticia AnteriorPróxima Noticia

O Jornal Século XXI diz NÃO à Belo Monte

Ativistas de todo mundo estão realizando protestos contra a construção da usina de Belo Monte, no Rio Xingu.Este foi o primeiro ato organizado mundialmente contra Belo Monte. O objetivo é chamar a atenção da sociedade mundial para os impactos causados pela hidrelétrica, que alagará 500 quilômetros quadrados de área da floresta amazônica, uma das áreas mais extraordinárias do mundo.As manifestações pedem respeito às etnias indígenas que serão duramente afetadas no seu modo de vida. Sem contar os prejuízos causados aos ecossistemas e a milhares espécies animais. Protestos foram feitos no Brasil, na Alemanha, Austrália, Canadá, Estados Unidos, França, Portugal, México, Inglaterra, Holanda, Escócia, Taiwan, Turquia e País de Gales.Enquanto isto,a insensibilidade dos ambiciosos burocratas e tecnocratas permanece em nome do desenvolvimento econômico a qualquer custo.Já está mais do que na hora de se fortalecerem os investimentos em tecnologia energética, tanto solar, como eólica e biomassa. Também usar a criatividade para a redução do consumo de energia.

No dia 4/7, Dilma Roussef acionou o mecanismo de desvio do rio Xingu, uma construção de R$ 19 bilhões. Trezentas mil pessoas serão diretamente atingidas pelo represamento das águas.

Por: ForumSec21