09/08/2011 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Nova Friburgo lança Agenda 21 local

Plano Local de Desenvolvimento Sustentável será importante para guiar a reconstrução do município

Na próxima quarta-feira (10), a nova Agenda 21 de Nova Friburgo será lançada, com o apoio da Petrobras e da Prefeitura Municipal. O projeto, de responsabilidade socioambiental da Petrobras em parceria com o Ministério do Meio Ambiente e a Secretaria de Estado do Ambiente do Rio de Janeiro, busca contribuir para o desenvolvimento sustentável nos 14 municípios do entorno do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em construção na cidade de Itaboraí.

O evento ocorrerá no Nova Friburgo Country Clube e contará com a presença do presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Commam), Fernando Cavalcante; do presidente do Consórcio do Leste Fluminense (Conleste), Carlos Pereira; do coordenador do Fórum da Agenda 21 de Nova Friburgo, Paulo Roberto de Souza; do representante do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e coordenador da Agenda 21 do Estado,Carlos Frederico Castelo Branco; do diretor de cidadania e responsabilidade socioambiental do Ministério do Meio Ambiente, Geraldo Vitor de Abreu, além do representante da Petrobras e coordenador geral da Agenda 21 Comperj, Ricardo Frosini.

A Agenda 21 Comperj é considerada uma nova forma de relacionamento da Petrobras com a região, identificando preocupações e potencialidades locais. O resultado é um Plano Local de Desenvolvimento Sustentável (PLDS) para cada município, englobando diversos temas como educação, cultura, meio ambiente, habitação, saúde, saneamento básico, transporte e segurança, entre outros.

De acordo com Ricardo Frosini, o lançamento da Agenda 21 está acontecendo num momento muito oportuno. "Nova Friburgo está passando por um processo de reconstrução. Não há melhor momento para se planejar o que deve ser feito e envolver toda a sociedade, tanto neste planejamento quanto no acompanhamento das medidas que estão sendo tomadas pelo poder público. Nova Friburgo é pioneira em Agenda 21 na região. Neste contexto, o Plano Local de Desenvolvimento Sustentável que está sendo lançado, já contemplando as ações necessárias após o desastre de janeiro, deve se tornar o documento mais importante para o município".

Segundo Fernando Cavalcante, "a Agenda 21 tem a capacidade de conectar nossa comunidade à problemática global do meio ambiente, reforçando a rede de pessoas e instituições, pelo mundo afora, que têm fé na capacidade humana de construir conjuntamente um planeta sustentável. E para isto acontecer, cada local, cada cidade tem que se organizar e fazer a sua parte. E o Plano Local de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 21 Nova Friburgo é exatamente isso: o compromisso de Nova Friburgo com a sustentabilidade da vida no e do nosso Planetinha".

Em toda a região, a construção da Agenda 21 Local aconteceu em cinco etapas. Na primeira, foi realizado um trabalho de sensibilização e mobilização dos quatro setores (governo, empresariado, terceiro setor e comunidade), convidando toda a sociedade para participar de sua construção. Na segunda, foi realizado um Levantamento das Percepções Setoriais (LPS), identificando preocupações e potencialidades e indicando as ações necessárias em cada um dos capítulos da Agenda 21. Para a continuidade dos trabalhos em âmbito municipal, cada setor escolheu representantes para formar o Fórum Local e consolidar os resultados setoriais. Uma vez lançado o PLDS, o objetivo é que o mesmo se torne um guia tanto para políticas públicas quanto para outros tipos de ações no município.

Após o desastre em janeiro de 2011, a Petrobras resolveu criar mais uma fase do projeto em Nova Friburgo, para que os diagnósticos e as ações do Plano Local pudessem ser atualizados neste novo contexto do município.

A representante do 3o setor, Vanderléia Pereira, destaca o trabalho realizado pelos representantes do Fórum durante o processo de construção da Agenda. “Eu me sinto realizada. Estou muito feliz em fazer parte da Agenda 21, que eu acompanho desde o início. É um trabalho feito em equipe, com decisões tomadas por consenso. É um trabalho no qual eu acredito”.

Além Nova Friburgo, Silva Jardim, Rio Bonito, Itaboraí, Magé, Cachoeiras de Macacu, Maricá, Saquarema, Guapimirim, São Gonçalo, Tanguá, Casimiro de Abreu e Teresópolis lançaram as suas Agendas. Niterói será o último município do projeto a apresentar o seu PLDS. A cerimônia de lançamento acontecerá ainda este mês, no dia 24.

Maiores informações sobre o projeto Agenda 21 Comperj e as Agendas 21 locais em:www.agenda21comperj.com.br

Serviço

Lançamento da Agenda 21 de Nova Friburgo

Dia: 10 de agosto

Hora: 17h

Local: Nova Friburgo Coutry Clube - Av. Conselheiro Julius Arp 140, Nova Friburgo.

Por: Divulgação