06/05/2011 Noticia AnteriorPrxima Noticia

Mobilidade: Um novo desafio para uma Nova Friburgo

Por Beto Grillo

Enquanto as maiores cidades do mundo repensam seus modelos de transporte, pois vivemos a era do chamado Pico do petrleo e o aquecimento globaluma realidade, Nova Friburgo ainda aposta em um modelo motorizado, de queima de combustvel fssil. O poder pblico permite ainda, inconsequentemente, que mais e mais carros entrem em circulao diariamente. A relao carro/habitante na cidade j igual a da cidade de So Paulo, o que significa um carro para cada dois habitantes, um verdadeiro absurdo!

Apenas uma empresa detm a concesso da explorao do servio de transporte pblico que, alis, deixa muito a desejar, tanto na qualidade como na relao custo/benefcio. No bastasse isso, o direito de uso de outras formas de transporte quase impossibilitado pela m organizao do trnsito e pela m educao dos motoristas , que em sua maioria, ainda pensam que a prioridade a maquina e no o ser humano.

Qualquer morador nascido em Nova Friburgo, que tenha mais de cinquenta anos de idade, se lembra que nos ureos tempos em que a cidade ainda no tinha tanto fluxo de veculos motorizados e que a atividade fabril era o sustentculo da economia local, o meio de transporte mais utilizado para a locomoo era a bicicleta. Os mais antigos se lembram com nostalgia do tempo em que pela manh e no fim da tarde, incio e fim da jornada de trabalho, centenas de pessoas passavam pelas ruas pedalando suas magrelas.

Nova Friburgo tem grande rea plana

Passaram-se os anos e o processo desordenado de urbanizao da cidade, aliado a vontade de ser um grande centro, com todas as suas caractersticas modernas, criou o mito que a topografia de Nova Friburgo dificulta o uso da bicicleta e que somente veculos motorizados so eficientes. Possuir um automvel era e ainda nos dias de hoje smbolo de status social. Porm, na verdade, o principal eixo virio da cidade que liga o distrito mais povoado ao bairro mais populoso praticamente plano. Estamos falando claro de Conselheiro Paulino e Olaria. O centro da cidade que fica entre estas duas localidades tambm basicamente plano, o que facilita a locomoo dos ciclistas.

As pessoas adotaram o novo modelo, acreditando ser esta a maneira mais moderna e segura de se locomover. No entanto, justamente nestes trechos onde ocorre o maior nmero de congestionamentos de trfego e tambm de acidentes de trnsito, envolvendo no s motoristas, mas tambm pedestres de todas as idades.

A contemporaneidade mostra que, Nova Friburgo precisa pensar sistemas de transporte integrados e mistos, unindo formas de transporte coletivo e bicicletas (criao de ciclovias e ciclofaixas, bicicletrios, bicicletas para locao, etc.). O que pode ser uma inteligente a criativa maneira de resolver a questo.Ainda possvel recombinar possibilidades e criar e integrar sistemas onde estacionamentos pblicos, no entorno do centro, guardem os veculos enquanto seus donos deslizam sobre a cidade em seus veculos movidos a pernas e no fim do dia deixam l suas bicicletas e retornam para casa em seus veculos.

Podemos tambm pensar formas solidrias de transporte, onde vizinhos se unem para organizar listas de carona e roteiros comuns e rodzio entre os veculos e motoristas, gerando dessa forma no s uma acentuada queda dos ndices de poluio, mas tambm uma significativa economia com gastos de manuteno e reduo de veculos nas ruas Para projetos dessa natureza existem inclusive financiamentos e verbas oriundas de diversas fontes, uma vez que o desafio da mobilidade um desafio do mundo contemporneo.

Todas essas alternativas viveis so bem mais baratas que a construo de viadutos, pontes, tneis e outras estruturas de concreto e asfalto que alm de caras, somente contribuem para o aquecimento climtico da cidade e a impermeabilizao do solo, e ainda estimulam o aumento do nmero da frota de veculos motorizados.

O uso da bicicleta no s resolve o problema de trfego como tambm ajuda no combate ao sedentarismo e todas as doenas ele relacionadas.

A questo ambiental

A questo ambiental outro ponto fundamental a ser levada em considerao. Quantas toneladas de gs carbnico deixariam de ser emitidas por uma simples mudana de hbito no tocante a locomoo? Bicicletas alm de no poluentes tambm so silenciosas e bem pouco espaosas. Sem contar o gasto de energia, que para a fabricao de uma bicicleta bem menor que para produzir um carro.

Em muitas partes do globo pessoas se renem em torno da bicicleta. Seja com intuito esportivo, ambiental ou social. Clubes de ciclistas, grupos de amigos que se juntam pra passear, ativistas da mobilidade, e at mesmo oficinas coletivas e comunitrias, onde bicicletas so recicladas e distribudas entre os membros, criando assim uma relao no materialista nem fetichista sobre o objeto, apenas conferindo valor de uso ao mesmo. Bicicletas promovem uma maior socializaoe promovem a cordialidade a gentileza, afinal o contato entre o condutor, as demais pessoas e o meio por onde transita muito mais estreito.

Engana-se quem pensa que para andar de bicicleta preciso ter muitos equipamentos e roupas esportivas, o uso do capacete claro sempre recomendado, mas seu estilo pessoal pode e deve ser implementado ao seu modelo de bicicleta e a suas vestimentas. Em grandes centros como So Paulo e Rio de Janeiro, j comum ver homens e Mulheres de negcios locomovendo-se em suas bikes, mesmo estando vestidos de maneira extremamente elegante para seus compromissos, o que criou uma tendncia chamada cicle-chick.

A cidade precisa se reiventar e ousar. A educao das novas geraes e a mudana de hbitos no tocante a mobilidade humana dentro da urbes Friburguense o caminho para a soluo de um problema que comea a se tornar crnico. No se trata de ir contra o carro, mas sim favor de outras formas de transporte e da garantia do direito de ir e vir do cidado.

Portanto voc motorista que reclama do Trnsito, quando passar por um ciclista, ao invs de oprimir e desrespeitar, seja gentil, pois ele significa um carro a menos nas ruas, ar mais limpo e trfego mais tranquilo o que lhe d maior fluidez e agilidade.Voc que reclama do estresse do trnsito, experimente deixar o carro em casa e v de bike. Redescubra o prazer de estar vivo e sentir o vento na face. No tenha medo, experimente de incio trajetos curtos e v aos poucos ganhando segurana para aventuras maiores.Pare, pense reflita!!!

Para saber Mais: www.bicicletada.org

Beto Grillo artista e produtor cultural

Por: ForumSec21