20/09/2010 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Vazamento de petróleo nos EUA foi totalmente interrompido, diz governo

Com uma cobertura final de cimento, a empresa British Petroleum interrompeu permanentemente neste domingo (19) o vazamanto de petróleo no poço Macondo, no Golfo do México, que tinha desencadeado o pior derramamento petróleo na história dos Estados Unidos.

O poço vazou de forma ininterrupta por 87 dias após uma explosão que matou 11 trabalhadores em 20 de abril, dando início ao maior desastre ambiental da história do país, que arruinou as costas de quatro estados da costa do golfo e estimulou uma moratória sobre todas as novas plataformas marítimas de perfuração.

O vazamento havia sido controlado por engenheiros da BP desde 15 de julho, com uma tampa na milha de profundidade. Isso só ocorreu depois de terem derramado mais de 4 milhões de barris de petróleo no Golfo, cerca de 16 vezes mais do que os 257 mil barris de óleo derramado pelo desastre do Exxon Valdez no Alasca em 1989.

O derramamento encolheu em US$ 70 bilhões do valor de mercado da BP.

Por: G1