02/09/2010 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Agosto de 2010 tem sete vezes mais incêndios que mesmo período de 2009

A ministra Izabella Teixeira (Meio Ambiente) anunciou na terça-feira (31) a liberação de mais R$ 20 milhões para o combate ao fogo das queimadas em todo o país, além dos R$ 29 milhões já gastos neste ano.

A ministra chamou o mês de agosto de 2009 de “fora da curva” em relação ao número de queimadas.

Uma consulta à página do Inpe na internet mostra que agosto de 2010 registrou 263 mil focos de calor no Brasil inteiro, contra 38,6 mil em agosto do ano passado, um aumento de quase sete vezes nesse período.

Embora nem todos os focos de incêndio sejam queimadas, eles dão uma indicação da explosão do número de incêndios no mês de agosto.

Sem fiscalização - Pesquisadores ouvidos pela Folha afirmam que parte da culpa pelas queimadas é de atividade agropecuária sem fiscalização. “Cada vez mais há pessoas se expandindo onde não havia [áreas de exploração agrícola]“, disse Alberto Setzer, que coordena o monitoramento de queimadas no Inpe.

Segundo dados divulgados na terça-feira pelo Ibama, 67% dos focos de calor estão em áreas privadas.

O diretor de Proteção Ambiental do Ibama, Luciano Evaristo, atribui o número alto de queimadas à estiagem anormal deste inverno, que se seguiu a um período com muita chuva no ano passado.

“Eles estão queimando agora o que não conseguiram queimar em 2009″, afirmou. “Com a baixa umidade do ar, você não controla queimadas controladas.”

Claudio Angelo

Por: Folha.com