27/07/2010 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Semana de Ação Global contra a Dívida já recebe propostas de atividades

Movimentos, campanhas e organizações sociais de todo o mundo estão sendo convidados a se engajarem nos preparativos de mais uma ‘Semana de Ação Global contra a Dívida e as Instituições Financeiras Internacionais’. O encontro acontecerá de 7 a 17 de outubro deste ano e centrará suas demandas na anulação da dívida e na reparação das dívidas econômicas, climáticas e ecológicas.

A Semana de Ação Global, que já se encontra em sua quarta edição, foi uma iniciativa desenvolvida no marco da Campanha Internacional Sul-Norte sobre a Dívida Ilegítima, lançada em janeiro de 2007, durante o Fórum Social Mundial de Nairobi, capital do Quênia. Desde esta data, o encontro é realizado todos os anos.

Segundo informaram os membros do Jubileu Sul, organizadores do evento, neste ano, assim como nos anteriores, a data escolhida coincide com uma série de dias especiais relacionados ao contexto do encontro. Esta edição da Semana de Ação Global acontecerá próximo à Reunião Anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington DC, nos Estados Unidos, assim como nas proximidades das manifestações que estão sendo planejadas para estes momentos.

Ainda em fase de organização, a Semana de Ação Global 2010 necessita da ajuda de seus participantes para construir um momento em que, concretamente, será possível dar continuidade e reforçar as lutas em favor do cancelamento da dívida, da recusa de dívidas ilegítimas e da reparação aos povos prejudicados.

Antes mesmo de que seja publicado um chamado oficial, o Jubileu Sul já deseja receber as ideias e propostas de atividades para o evento deste ano. A organização também deseja conhecer as lutas particulares e as iniciativas de cada organização, movimento e campanha. As sugestões deverão ser enviadas, logo que possível, para o endereço de e-mail: semanadeuda@gmail.com.

Principais demandas

Em suas reivindicações, os participantes e organizadores da ‘Semana de Ação Global contra a Dívida e as Instituições Financeiras Internacionais’ não demandam apenas iniciativas voltadas para a área financeira. Conscientes de que a crise desencadeada no mundo todo incrementou as dívidas ecológica, climática, social, econômica e energética, também são pedidas ações para a reparação destes débitos, que têm como credores a população mundial.

Entre as solicitações e principais bandeiras de luta da Semana de Ação Global contra a Dívida e de seus participantes, estão: anulação, sem condições, de todas as dívidas ilegítimas; restituição de reparação das dívidas ecológicas, climáticas, econômicas, sociais e históricas sobre a base de auditorias integrais e participativas; respeito ao direito soberano dos países a tomar medidas unilaterais para colocar fim ao pagamento da dívida; criação de novas instituições financeiras e resposta às crises econômica, climática, energética e alimentar que não aumentem a carga de dívida sobre os povos do Sul nem sobre o planeta e que não incrementem a militarização, nem a criminalização do protesto social.

Para mais informações, acesse o blog criado para a Semana de Ação Global de 2009: http://semanadeuda.wordpress.com.

Natasha Pitts

Por: Adital