26/07/2010 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Mais um grande vazamento de óleo é pior do que se pensava

Fortes ventos podem estar espalhando mais rápido que o esperado a mancha de petróleo que vazou da explosão de dois dutos no nordeste da China na última sexta-feira (16).

Autoridades afirmam que uma área de 430 quilômetros quadrados está sendo monitorada e que navios estão espalhando bóias de contenção e bactérias que se alimentam do óleo.

A própria imprensa estatal chinesa reconheceu que a mancha já está visível em regiões afastadas do acidente.

“Como esse óleo já havia sido beneficiado, ele é bastante leve e está se espalhando em grande velocidade”, afirmou Zhong Yu do Greenpeace chinês para a BBC.

Ainda não há estimativas da quantidade de petróleo que teria vazado, mas os dutos transportavam de 30 mil a 50 mil toneladas por dia.

Uma pessoa morreu durante as operações de limpeza ao cair de um dos barcos e se afogar.

Fabiano Ávila

Por: CarbonoBrasil/Agências Internacionais