24/02/2010 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Raios ultravioleta atingem índice máximo de radiação em 12 capitais do país

Brasília – Os raios ultravioleta atingiram o índice máximo de radiação nesta terça-feira (23), em 12 capitais brasileiras. A escala de medição vai de 1 a 14. Quando a medição passa de dez, é considerado um índice muito alto para a exposição ao sol. Em 12 capitais o índice foi de 14 e em duas ficou acima de 11.

Segundo o meteorologista Jonathan Cologna, do Somar Meteorologia, índices elevados no verão são corriqueiros. “Nessa estação é normal um nível elevado de radiação solar em todo o país. A preocupação das pessoas neste período deve ser com o cuidado com a pele e com o tempo de exposição ao sol”, afirma.

Para evitar problemas causados por raios solares, a população deve evitar a exposição ao sol no horário entre as 10h e as 16h. De acordo com o dermatologista Cristiano Velasco, é necessário adquirir o hábito de aplicar o protetor solar. “O ideal é passar o protetor três vezes ao dia e criar esse hábito”.

O uso do protetor solar pode prevenir futuras doenças de pele. Por isso o cuidado com as crianças deve ser redobrado. “As pessoas que tiveram queimadura na infância aumentam em cinco vezes o risco de desenvolver um melanoma na vida adulta”. Segundo Cristiano, as pessoas usam uma quantidade de protetor solar abaixo do ideal. “Para quem frequenta a praia, é necessário reaplicar a cada duas horas e todas as vezes que sair da água”.

Por: Agência Brasil