06/10/2009 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Europa propõe taxas sobre o consumo individual de combustíveis fósseis

A partir de 2013 a União Européia (UE) pode adotar uma taxa sobre o consumo individual de combustíveis fósseis com base no seu teor de emissões de dióxido de carbono, de acordo com uma minuta de um documento obtido nesta segunda-feira (5) pelo Dow Jones Newswires.

A minuta da Comissão Européia propõe uma taxa mínima variando entre um e três centavos de euro por quilograma de CO2 emitido como uma maneira de complementar o esquema de comércio de emissões.

Porém, estes números podem mudar durante as consultas públicas, e devem ser acordados entre todos os 27 países do bloco.

Durante uma reunião em Gotemburgo (Suécia) na sexta-feira (2) o comissário de impostos da UE Laszlo Kovacs disse que os planos da Comissão serão apresentados para os países no ano que vem.

A renda “deve ser utilizada para propósitos de mudanças climáticas (e) para financiar os esforços climáticos dos países em desenvolvimento, pois eles precisam de apoio e nós precisamos de renda para ajudá-los”, comentou Kovacs à AFP.

Os países nórdicos já possuem um sistema de taxas implementado desde a década de 1990 e a França aderirá a esta abordagem em 2010.

Segundo o Banco Mundial, o volume de recursos financeiros que pode ser necessário para os países em desenvolvimento se prepararem para enfrentar as mudanças climáticas chega a US$ 100 bilhões.

Fernanda B Muller

Por: CarbonoBrasil/ Dow Jones Newswires/AFP