14/09/2009 Noticia AnteriorPróxima Noticia

30 milhões de TONELADAS de gases de refrigeração continuam indo para a atmosfera todo ano, impunemente

Os gases dentro dos equipamentos não poluem já qualquer gás solto na atmosfera tem um efeito estufa descomunal. Seria mais barato recolher e reciclar em vez de jogar fora e comprar novo. Um quilo de R22 solto na atmosfera para efeito estufa equivale ao CO2 emitido por um carro em 10 meses de uso.

Jorge Colaço

Quando escutamos falar de efeito estufa pensamos imediatamente na floresta Amazônica ou na floresta Atlântica. No inventário de gases efeito estufa emitidos no Brasil não aparecem os gases de refrigeração. No entanto o setor de refrigeração / ar condicionado, ou se preferirem os equipamentos de refrigeração ar condicionado emitem anualmente algo em torno de 30 milhões de toneladas de CO2 devido ao processo de manutenção. Só o recolhimento/regeneração e reuso desses gases poderia contribuir enormemente para diminuir a emissão de gases efeito estufa.

Precisamos pedir auxilio a um Sherlock Holmes para descobrir porque esse recolhimento e essa reciclagem não acontecem. Recolher e reciclar é muito mais barato que jogar o gás fora e comprar o gás novo, o beneficio ao meio ambiente e grande e se evitaria o chamado passivo ambiental.

As resoluções do CONAMA já tem mais de oito anos e se houvesse fiscalização permitiriam a aplicação de grandes multas.Eis o mistério, não há fiscalização, apesar da emissão do equivalente a 30 milhões de toneladas de CO2!

Os mitos tipo que “gás reciclado não é bom”, que “trocar o gás A pelo gás B, no jargão do setor, fazer um retrofit, vai melhorar o meio ambiente”, que os “gases modernos são ecológicos”, continuam a ser disseminados. A realidade é que os gases dentro dos equipamentos não poluem e que qualquer gás solto na atmosfera tem um efeito estufa descomunal e que seria mais barato recolher e reciclar em vez de jogar fora e comprar novo. Um quilo de R22 solto na atmosfera para efeito estufa equivale ao CO2 emitido por um carro em 10 meses de uso.

O aquecimento global e sua conseqüência as mudanças climáticas me parecem uma realidade já presente e o uso inconseqüente ou melhor o desleixo da atual geração será pago pelas gerações vindouras. E isso que nos queremos?

Gostaria de convidar a todos a uma reflexão e uma ação no sentido de tornar a pratica do recolhimento e da reciclagem um habito de todos quando da manutenção de equipamentos e que essa preocupação seja acrescida com a preocupação de eliminar vazamentos usando as melhores tecnologias.

Você sabia que geladeiras antigas sem embalagem estão transitando pelas nossas estradas por centenas de quilômetros queimando combustível fóssil , soltando o as que esta dentro delas pois sem embalagem elas chegam quebradas?

A desculpa para isso é a proteção ao meio ambiente.A montanha de dinheiro que o governo esta pagando por esse passeio e o dobro do que o Brasil recebeu como ajuda para eliminar os gases que atacam a camada de ozônio. Aqui também precisamosum Sherlock moderno para encontrar a resposta, nos simples mortais so podemos imaginar.

Por: Jornal do Meio Ambiente