22/08/2009 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Jovens pedem medidas radicais contra mudanças climáticas

Em Conferência Mundial de Jovens, organizada pelo Pnuma, eles pedem pressão sobre empresas e instituições governamentais para a produção de produtos compatíveis com o meio ambiente.

Os 700 participantes da Conferência Juvenil Internacional Tunza sobre o Meio Ambiente, em Daejeon, na Coreia do Sul, fizeram nesta quinta-feira um forte apelo para que os governos adotem medidas radicais no combate às mudanças climáticas.

O encontro promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, será encerrado no domingo e reúne jovens de 10 a 24 anos que representam 3 bilhões de pessoas no mundo, vindos de mais de 100 países.

Herança Ambiental

Em uma declaração conjunta, os participantes afirmaram que as medidas adotadas hoje pelos governos irão definir o futuro dos jovens e do mundo no qual irão viver.

A nota também recomenda o uso de pressão sobre empresas e instituições governamentais para que produzam produtos compatíveis com o meio ambiente.

Eles pediram ainda aos governos que se comprometam com a implementação do Protocolo de Kyoto e que analisem as considerações do encontro na Coreia durante a Conferência sobre Mudança Climática em Copenhague, em dezembro.

A declaração foi finalizada após oito semanas de debates entre jovens de todo o mundo. O texto final foi aprovado no centro de reuniões em Daejeon, e por meio da internet no Brasil, México, Índia, Grécia e Canadá, entre outros países.

Marco Alfaro

Por: Radio ONU