23/07/2009 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Saem instruções do plano da sociobiodiversidade

Brasília - Portaria interministerial publicada no Diário Oficial da União de hoje (22) traz as instruções para a implementação do Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade. O plano lançado em abril vai promover o uso sustentável da biodiversidade, garantindo alternativas de geração de renda às comunidades rurais e a preservação dos biomas brasileiros.

De acordo com o Incra, a sociobiodiversidade significa a geração de bens e serviços com recursos da biodiversidade local, e a relação harmônica entre sustentabilidade, justiça social e respeito às especificidades culturais e territoriais. Mas essa palavra complicada visa principalmente o respeito pelo trabalhador do campo.

Nos dois primeiros anos do plano (2009 e 2010) serão priorizadas ações específicas para as cadeias da castanha-do-brasil (conhecida como castanha-do-pará) e do babaçu, priorizadas em virtude da relevância socioeconômica e ambiental. A cadeia produtiva dessas culturas vai beneficiar cerca de 500 mil famílias de extrativistas e quebradeiras de coco.

O plano é fruto de uma articulação dos ministérios do Desenvolvimento Agrário, do Meio Ambiente, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Entre as ações o plano prevê a estruturação dos mercados e o fortalecimento dos processos industriais.

Christina Machado

Por: Agência Brasil