17/06/2009 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Yoga: a fonte de felicidade e sabedoria ao alcance de todos

Agnes Luterbach

Um dos principais espaços para o aprendizado do Yoga em Nova Friburgo é o Centro Holístico Mangalan. O Mangalan está presente em Nova Friburgo há 23 anos e foi o primeiro espaço holístico da cidade. É um espaço privilegiado, ideal para o relaxamento e a interiorização. O Mangalan tem procurado contribuir

com o desenvolvimento de valores como o auto conhecimento, a espiritualidade e a paz.

As pessoas têm vivido sob um intenso estresse, não tem mais tempo para elas mesmas e não se dedicam a uma atividade que lhes dê prazer e uma sensação de bem-estar.

A palavra yoga tem origem no Sânscrito, quer dizer união, integração. Trata-se de uma prática milenar, surgida há mais de 5.000 anos na Índia e teve como precursor Patanjali, que foi o primeiro a sistematizar a prática, por volta de 300 anos A.C.Engana-se quem pensa que o yoga é uma atividade parada, onde o praticante permanece na postura de lótus, em estado meditativo. Há diversos tipos de yoga, onde todo o corpo é trabalhado; respiração, alongamento, força, equilíbrio, relaxamento e canto de mantras englobam-se, proporcionando a pessoa que faz yoga, alívio para as tensões e autoconhecimento.

As terapias alternativas vêm conquistando cada vez mais adeptos e admiradores e os espaços holísticos no país, têm crescido consideravelmente.

Mangalan: Um ponto de Luz em Nova Friburgo

Surgido há 23 anos no coração de Nova Friburgo, o Centro Holístico Mangalam foi o primeiro na cidade, idealizado por três pessoas : Fernando Pinto, Luisa Tavares e Marília Cardoso. Quando fizeram o curso de instrutores de yoga, foi despertada uma vontade de montar um núcleo da prática na cidade e acalentada com muito carinho, a idéia tornou-se realidade. Após a saída de Fernando e Luisa, Marília ficou responsável e como havia uma lacuna de terapias alternativas, o Mangalam passou a ser um Centro Holístico. O nome Mangalan, em Sânscrito, quer dizer auspicioso, felicidade, plenitude e toda vez que é pronunciado há um retorno vibratório, como uma bênção.

O Mangalam fica na rua Cristina Ziede 107, bem no centro de Nova Friburgo. O telefone é (22) 2522-2903. É um espaço aberto para a percepção interior, onde as pessoas podem aprender mais sobre elas mesmas, descobrindo propósitos mais profundos. É aconchegante, onde a luz se revela e ilumina. É onde a matéria e o espírito aguardam um momento em que o homem e o amor serão tocados pelas cordas do essencial, deixando que o som e a música celestiais despertem a divindade que dorme na matéria.Marília Cardoso fala com todo o sentimento sobre o Centro, seus olhos brilham e emergem toda a pureza da alma

- “ O Mangalam era uma missão para mim. Eu sinto as energias desse espaço. Tenho e estou em sintonia com ele, para que sejam realizadas aqui, o que o criador deseja”.

O Yoga quer dizer união, unir o homem a sua verdadeira natureza. É levantar os véus de Maya (ilusões), para que a consciência do que é verdadeiro seja despertado dentro de você.Para Marília, o Yoga é uma eterna descoberta:

-“ É preciso ter coragem para entrar dentro de si mesmo, é uma aventura de autoconhecimento”.

As práticas de yoga que o Mangalam oferece são inúmeras : Hata-Yoga, que trabalha os bloqueios, as amarras, está ligada ao físico; descobre-se as emoções, os bloqueios mentais. Bakti-Yoga , é a coesão, a força de mudança do homem, está ligada ao amor, a doação, a disponibilidade. Mantra-Yoga, que são cantados nas aulas. Lay-Yoga, o do conhecimento. Há também a Yoga de longevidade do cérebro, onde os neurônios são estimuladosmudando as vibrações do cérebro.

Benefícios interiores e exteriores e outras terapias alternativas

Benefícios físicos, mentais, emocionais e espirituais. O yoga trabalha o ser humano como todo. Através de técnicas respiratórias (Pranayama),o emocional e a atitude mental podem ser mudadas, já que emoção e respiração caminham juntas. As glândulas do corpo são trabalhadas a partir de posturas (Ásanas), onde cada chakra ( centro de energia do corpo) é responsável por essa glândula, liberando bloqueios e outros males. Com a meditação o praticante relaxa, diminuio estresse e a tensão da vida moderna.

De acordo com Marília, o yoga sempre foi bem recebido e com a prática, as pessoas têm outra visão delas mesmas:

- “Você passa a sentir a vida mais plena, compreende e aceita melhor a si mesmo, compartilha com os outros e a natureza. Na medida em que você é um com o outro, com o todo, as coisas melhoram, é a consciência de unicidade, você não faz mal aos outros. No yoga, você trabalha a ecologia interior, não agride a natureza, você é um com ela. A consciência passa a vir de dentro pra fora. Quem pratica yoga, busca a felicidade, as pessoas querem ser felizes.”

O Mangalam oferece diversas terapias alternativas : shiatsu, acupuntura, drenagem linfática, prática ayurvédica, danças sagradas, reflexiologia, SPA Day (SPA urbano), massagens, aromaterapia, yogaterapia e terapia hormonal. Marília convida a quem quiser conhecer o espaço “ Mangalam, um ponto de luz no coração de Nova Friburgo, entre morros e verde, grilos e pássaros, é morada da esperança e espera você para uma visita”, concluiu sorrindo.

Yoga integrativo e Yogaterapia

Atuando há 6 anos como instrutora de Yoga, Kátia Abháyada ministra uma forma diferencial do Yoga. A forma integrativa reúne um apanhado de informações, envolve diversas terapias, como o chakra terapia, os ásanas com uma abordagem mais terapêutica. As aulas são adaptáveis e para todos, de diversas idades, com diferentes dificuldades

- “ As aulas oferecem um tema e em cima dele são desenvolvidas atividades com o intuito de gerar uma harmonia, integrando os aspectos físico, energético, psicoemocional, intuitivo, auxiliando num desenvolvimento a nível espiritual”, afirmou Kátia.

Já a Yogaterapia pode ajudar no reequilíbrio dos sistemas corporais, gerando bem-estar, eliminando toxinas, liberando hormônios. Com pouco tempo de prática, os resultados já são perceptíveis. A yogaterapia está dentro da yoga integrativa e faz um trabalho individual, de acordo com a instrutora:

- “ É preciso saber o histórico de cada pessoa, é um trabalho bastante delicado. Um trabalho individual, dentro de um grupo e procura desvendar o porque do problema de determinada pessoa”, disse.

Chakras e espiritualidade no yoga

O yoga não visa trabalhar a religião, pois não se trata de religião. O autoconhecimento é um despertar da espiritualidade, mesmo não se tendo uma crença, o que se procura na vida é conhecer a si mesmo e vencer a ignorância de quem realmente somos. Kátia ainda acrescenta :

- “O reencontro consigo mesmo independe de religião, o yoga convida a reafirmar a sua religiosidade baseado no conhecimento da sua verdadeira natureza , isso possibilita a experiência de totalidade, abraçando a criação como se abraçasse a si mesmo.”

Para quem ainda não pratica yoga Kátia Abháyada aconselha:

“ O yoga é como uma semente que a pessoa cultiva dentro dela. Traz um conhecimento, uma revelação, algo de novo e pode ser algo renovador. É importante que se conheça o yoga e veja se enquandra com você”, concluiu.

Com o yoga, é possível um encontro com a sua verdadeira essência, é a união do microcosmo com o macrocosmo. É sentir com o coração o que a vida proporciona. É estar consigo mesmo e não precisar de nada, além da voz silenciosa da própria alma. E Hermógenes já dizia "Yoga é independência, é sentir-se bem e feliz em si mesmo, quando fazemos o caminho de volta para casa, momento em que nos unimos à nossa esfera mais sagrada."

Por: ForumSec21