03/06/2009 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Rio das Ostras Jazz e Blues Festival começa dia 10

Shows gratuitos reúnem mais de 10 atrações nacionais e internacionais

A sétima edição do Rio das Ostras Jazz e Blues Festival começa na próxima quarta-feira, dia 10. São esperadas mais de 50 mil pessoas, já que na última edição o evento contou com um público de 10 mil pessoas por dia. Este ano, o evento se destaca pela sua diversidade musical e experimentação. O festival que termina no domingo, dia 14, tem shows são gratuitos distribuídos em três palcos: Praia da Tartaruga, Lagoa de Iriry e na Cidade do Jazz e do Blues, em Costazul.

A abertura, às 20h de quarta-feira, dia 10, será feita pela Orquestra Kuarup de Rio das Ostras, que é um projeto da Fundação Rio das Ostras de Cultura. Regida pelo maestro Nando Carneiro, a orquestra é formada por 25 músicos, alunos e ex-alunos do Centro de Formação Artística da Fundação Rio das Ostras de Cultura.

Na sequência se apresenta Duofel, formado pelos violonistas Luiz Bueno e Fernando Melo, que serão acompanhados por Fábio Pascoal. Um dos mais talentosos pianistas brasileiros, Ari Borger fecha a primeira noite do festival. Borger já tocou com lendas do blues como Pinetop Perkins, Johnnie Johnson, Clarence Gatemouth Brown, além de abrir os shows de bluesman do quilate de B.B. King.

O sétimo Rio das Ostras Jazz & Blues traz um saudável ecletismo de estilos e de gerações: Spyro Gyra,John Hammond, Coco Montoya e Jason Miles -que se apresenta em parceria com o DJ Logic – dividem a programação com a modernidade e experimentação dos grupos The Bad Plus eRudder.

As atrações nacionais retratam a diversidade e a qualidade da nossa música. Durante o evento se apresentam o gaitista Jefferson Gonçalves, o grupo Pau Brasil e a Big Time Orchestra.

O festival traz ainda a Dixie Square Jazz Band.Liderada por Marcos Vital, a Dixie percorre os principais pontos da cidade executando standards do jazz.Mais informações nos site www.riodasostras.rj.gov.br ou www.riodasostrasjazzeblues.com.

REPERCUSSÃO-A sétima edição do Rio das Ostras Jazz e Blues já foi noticiada em diversas revistas especializadas como Rolling Stones e Jazz+ e Bravo e ainda em veículos de grande circulação como os jornaisO Globo e O Dia.

Orquestra Kuarup Cordas & Sopros, de Rio das Ostras, abre Festival de Jazz e Blues. Concerto terá participação especial de David Ganc e Mário Sève.

A apresentação da Orquestra Kuarup Cordas & Sopros, que reúne talentos da cidade, já é uma tradição na abertura do Rio das Ostras Jazz e Blues Festival. Na quarta-feira, dia 10, em Costazul, os músicos regidos pelo maestro Nando Carneiro apresentam composições nacionais como “Chega de Saudade” (Tom Jobim e Vinícius de Morais), “Janela para o Mundo” (Milton Nascimento e Fernando Brandt), “Lamento Sertanejo” (Dominguinhos e Gilberto Gil), “O Ovo” (Hermeto Paschoal) e “Bananeira” (João Donato). O concerto vai contar com as participações especiais de David Ganc e Mário Sève nos saxes e flautas.

“Para nós, da Orquestra Kuarup, é sempre motivo de orgulho e um prazer abrir o Rio das Ostras Jazz e Blues Festival. Nos últimos anos, tem sido nosso maior desafio, não só pela dimensão do evento mas, principalmente, por sua repercussão. A responsabilidade aumenta e é uma grande oportunidade de mostrar o trabalho que estamos desenvolvendo”, afirma o maestro Nando Carneiro.

Segundo o regente, o repertório da apresentação no Festival será formado pelas músicas do DVD Kuarup 10 Anos, gravado no ano passado, e algumas surpresas. “Será um concerto comemorativo da nossa primeira década de vida e que contará com participação de vários antigos membros da orquestra, convidados especialmente para este evento e que também participaram do DVD”, antecipa o maestro.

Trajetória - A Orquestra Kuarup é um projeto da Fundação Rio das Ostras de Cultura e atualmente conta com 22 integrantes fixos. No festival serão 30 músicos no palco, entre os atuais integrantes, convidados especiais e antigos membros, além de seu regente e diretor Nando Carneiro.

Formada por alunos e ex-alunos do Centro de Formação Artística da Fundação Rio das Ostras de Cultura, a orquestra é uma das primeiras manifestações artísticas da cidade. O nome Kuarup vem de um ritual indígena de origem tupi-guarani no qual os mais velhos da tribo reuniam seus jovens e passavam a eles as tradições do seu povo para que se perpetuassem através das novas gerações.

Com dois CDs gravados e um DVD, a orquestra esteve em 2004 na Alemanha para um intercâmbio com a escola de música Musikchule de Tübingen. No ano seguinte, a escola de música alemã veio a Rio das Ostras e juntas tocaram na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro

PROGRAMAÇÃO

ROJ&B 2009

10 / 06 – QUARTA-FEIRA

Costazul - 20h

Orquestra Kuarup

Duofel c/ Fábio Pascoall

Ari Borger

11 / 06 – QUINTA-FEIRA

Lagoa do Iriry – 14h15

Ari Borger

Praia da Tartaruga – 17h15h

Rudder

Costazul - 20h

Jefferson Gonçalves Blues Band

Pau Brasil

Jason Miles – In the Spirit of Miles Davis

12 / 06 – SEXTA-FEIRA

Lagoa do Iriry – 14h15

The Bad Plus c/ Wendy Lewis

Praia da Tartaruga – 17h15

Jason Miles – In the Spirit of Miles Davis

Costazul -20h

Rudder

Coco Montoya

Big Time Orquestra

13 / 06 - SÁBADO

Lagoa do Iriry – 14h15

Jefferson Gonçalves Blues Band

Praia da Tartaruga – 17h15

Coco Montoya

Costazul - 20h

The Bad Plus c/ Wendy Lewis

John Hammond Quartet

Spyro Gyra

14 / 06 - DOMINGO

Lagoa do Iriry – 14h15

John Hammond Quartet

Praia da Tartaruga – 17h15h

Spyro Gyra

Por: Secretaria de Comunicação de Nova Friburgo