16/12/2008 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Meio ambiente versus obsessão por crescimento

Em plena crise global, com governos e mercados preocupados com uma possível recessão mundial, a revista especializada britânica New Scientist foi às bancas com uma capa na qual defende que a busca obsessiva por crescimento econômico está matando o planeta e precisa ser revista. Em uma série de entrevistas e artigos de especialistas em desenvolvimento sustentável, a revista defende que os esforços para desenvolver combustíveis limpos, reduzir emissões de carbono e buscar fontes de energia renováveis podem ser inúteis enquanto o sistema econômico continuar em busca de crescimento. Segundo analistas consultados, o grande problema na equação do crescimento econômico está no fato de que, enquanto a economia busca crescimento infinito, os recursos naturais da Terra são limitados. "Os economistas não perceberam um fato simples que para os cientistas é óbvio: o tamanho da Terra é fixo. O mesmo vale para a energia, água, terra, ar, minerais e outros recursos presentes no planeta. A Terra já não está conseguindo sustentar a economia existente, muito menos uma que continue crescendo", afirma o economista Herman Daly, ex-consultor do Departamento para o Meio Ambiente do Banco Mundial.

Por: Eco-Agencia