24/08/2008 Noticia AnteriorPróxima Noticia

CTNBio libera cultivo de algodão transgênico

Luana Lourenço

Repórter da Agência Brasil

Brasília - A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou hoje (21), por 18 votos a favor, três contra e duas abstenções, a liberação comercial de algodão transgênico resistente ao herbicida glufosinato de amônia.

De acordo com informações do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), a liberação atende pedido da multinacional alemã Bayer CropScience.

A liberação do cultivo de algodão transgênico também era uma demanda dos representantes de produtores. O próximo passo é a liberação, ou não, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Na sessão de hoje, a CTNBio também aprovou 30 pedidos de liberação de pesquisas.

"Os trabalhos estão sendo produtivos. Estamos trabalhando desde fevereiro em pareceres e outras atividades, e só agora conseguimos votar. Não podemos apressar essas decisões", afirmou o presidente da CTNBio, Walter Colli, de acordo com as informações do MCT.

Por: Agencia Brasil