21/05/2008 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Curtinhas ambientais de maio

Florestas, biodiversidade e desertificação

O Instituto Nacional de Pesquisa Espacial - INPE -constatou a redução em 80% na velocidade do desmatamento na Amazônia. O fato pode ser explicado pelo período chuvoso e também pela a operação Arco do Fogo, de combate ao desmatamento, realizada pela Polícia Federal.

Relatório do Banco Mundial coloca o Brasil como o maior destruidor de florestas. Em segundo lugar vem a Indonésia com números também extravagantes, mesmo considerando a exiguidade de seu território. Neste período, 76 mil quilômetros quadrados de florestas foram derrubadas no mundo.

As queimadas na Amazônia podem significar uma desolação na região pior que a paisagens das estepes, afirmou o relatório da ONU, divulgado em abril.

O Greenpeace denunciou que 17% da floresta amazônica já foi foi derrubada e 47% estão sendo transformados numa savana, pela depredação.

Simpósio Agrícolaem Campinasrevela que o solobrasileiro perdeu9 bilhões de metros cúbicos de água com a desertificação do solo.

A exploração predatória dos recursos naturais gera 60 mil KM quadrados, por ano, de áreas inférteis. A desertificação ocorre também pela aplicação de elementos químicos no solo. Cresceram em 40% as áreas secas no mundo.

A engorda de um boi necessita de 4 hectares de pastagens, área suficiente para produzir 19 toneladas de cereais ao ano.

Convenção sobre biodiversidade na Alemanha declarou serem necessários 30 bilhões de euros para a criação de áreas florestais protegidas. Estima-se que 100 bilhões de dólares atenuariam o Efeito Estufa.

No Mato Grosso estão 19 dos 36 municípios amazônicos apontado como campeões de desmatamento. No entanto, o governador de Mato Grosso reclamou ao governo federal que as restrições ambientais afetam a economia do seu estado.

Energia e Transporte

A mistura de Biodiesel ao diesel subirá de 2 para 3% à partir de junho. Até 2013 este percentual será de 5%

O Ministério das Cidades oferece um plano de financiamento de 18 milhões a projetos de construção de ciclovias. O secretário Júlio Lopes e o ministro Marcio Fortes, das cidades pedalaram pela Esplanada dos Ministérios no dia 23 de abril, proclamando a confiança neste meio de transporte.

BNDS vai liberar em junho o financiamento para que os 33 mil supermercados no país troquem os freezers dotados de gas CFCs por novos equipamentos sem o gas e com um consumo menor de energia. Os CFCs destroem a Camada de Ozônio da Terra.

Os carros e motos híbridos estão sendo questionados porque não produzem ruído. Alertam os críticos que podem acontecer acidentes, principalmente, com os deficientes físicos. Sugerem a criação de um ruído específico para estes veículos.

Novos carros produzidos nos EUA terão que fazer 13 quilômetros com 1 litro de gasolina, no mínimo. A lei já está em vigor, sendo que em 2015 a exigência de produção será de 15 km por litro.

Em São Francisco de Itabapuana, no Rio de Janeiro, será construída uma Usina Eólica com capacidade de gerar 76 megawats hora. Uma torre em formato de moinho com 80 metros de altura fornecerá energia elétrica para 80 mil pessoas. As obras já foram contratadas.

O uso da energia Eólica cresceu 30% ano passado nos EUA, Espanha, Alemanha e China. Foram ampliados investimentos nessa fonte de energia.

Poluição

O consumo de Petróleo, nos EUA, ultrapassa, em 1 mês, o consumo anual dos brasileiros. Em consequência agrava bastante o Efeito Estufa. São 22 milhões de barris consumidos por ano, enquanto a China consome 11 milhões e o Brasil, quase 2 milhões.

O governo americano dá sinais de preocupação com os gases estufa, iniciando um debate com a indústria para o uso de novas tecnologias, afim de reduzir a emissão de poluentes.

Especialistas apontam a forte poluição de gás metano na atmosferacomo principal agente na fragmentação das geleiras. Por incrível que pareça um dos maiores emissores de gás metano são os bois com seus gazes intestinais. Também o buraco na Camada de Ozônio causa danos aos polos e elevação da temperatura.

Universidade de São Paulo constaram a presença de altos índices de ozônio até mesmo nos parques da cidade. Num raio de 50 quilômetros da cidade se pode constatar a presença deste poluente. Gás oxidante presente em cidades de tráfego intenso, provoca doenças respiratórias e cardíacas. Está atingindo mais de 20% dos paulistanos, segundo a USP.

Estudos da UERJ demonstram que a poluição por Benzeno, no Rio de Janeiro, chega a 100 partes por milhão, muito acima das 20 ppm tolerados, por exemplo, nos EUA. O gás pode ser reconhecido pelo forte cheiro que exala, nos Postos de Gasolina. A aspiração deste hidro-carboneto é prejudicial à saúde. A OMS classifica o Benzeno como causador de Leucemia.

Propagandas da Petrobras, associando a empresa a atividades ecológicas, veiculadas desde 2007, foram retiradas do ar pelo Conselho de Auto-Regulação Publicitária, atendendo a acusação de propaganda enganosa, feita por Ongs. A Petrobrás é responsabilizada por manter altos níveis de enxofre no Diesel.

A ANVISA denuncia que o Alface, Morango e o Tomate vendidos à população apresentam toxidade acima dos 40%, muito prejudicial à saúde. A entidade responsabilizou a inadequada utilização do Agrotóxico, pelos agricultores.

A ONU pede aos países o estímulo as técnicas agrícolas orgânicas e o combate a plantação dos transgênicos.

As 2,5 milhões de pessoas infectadas pela AIDS no mundo, em 2007, segundo a OMS, significam números bastante desfavoráveis diante da intensa campanha nos meios de combate ao HIV.

Em 2007, 92 mil pessoas morreram no Brasil, vítimas da violência, transformando-se na quarta maior causa de mortes no país.

O governo de Goiás concedea partir de abril uma pensão vitalícia a 190 pessoas atingidas pelo acidente radioativo com o Césio 137, em 1986.

A Universidade de Brasília apresentou a Presidência da República um projeto para a aquisição de 40 novos sismógrafos que os pesquisadores consideram serem necessários, diante dos sucessivos abalos sísmicos verificados no país.

Novo concurso de Bombeiros no Rio de Janeiro tem como garantia a contratação de 300 novos guardas florestais.

A bacia do Rio Macacú receberá 2 milhões de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica. A iniciativa é da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e já teve início.

A ALERJ aprovou a criação de um Disk Denúncia Ambiental que será uma linha telefônica especial que encaminhará denuncias anônimas para os orgãos responsáveis pel meio ambiente.

Vôo orbital levará em 2009, ao espaço, 50 passageiros incluindo um brasileiro, engenheiro de petrolífera, que pagou 200 mil dólares para um empresa inglesa de turismo pela reserva desta passagem.

O Cilindro de 80 centímetros cúbicos que caiu em Goiás era de fibra de Carbono. Analisado pelo IMPE, verificou se tratar de um tanque de nitrogênio, lixo espacial, componente de algum satélite desativado. Não causou danos e não continha dados de origem. Foi reivindicado pelos EUA.

Pedido em abril, por psicólogos e analistas europeus a flexibilização da proibição do Acido Lisérgico (LSD) para fins de pesquisas. Para os especialistas, as experiências feitas na década de 60 justificam a sua utilização para atenuar o sofrimento de pacientes terminais.

Justiça do Rio de Janeiro exige do IBAMA uma atuação efetiva contra a pesca predatória em Búzios, Cabo Frio, Parati e Angra dos Reis.

Relatório da Organização Mundial de Saúde adverte que a Cólera, a Dengue e a Febre Amarela estão em progressão devido às mudanças climáticas.

A Dengue, a Malária e o Beriberi apresentam índices de crescimento no Brasil. A Doença de Chagas teve aumento significativo na Amazônia, disseminada pelo preparo precário do Assaí, de largo consumo na região.

O Brasil consumiu, em 2007, 21 milhões de litros de álcool a mais que o volume consumido de gasolina

Por: ForumSec21