22/05/2008 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Amazônia é a Fonte dos Rios Voadores

A evapo-transpiração da floresta amazônica chega até nós atraves dos rios voadores. Os Rios Voadores são correntes de ar que carregam umidade de Norte a Sul do Brasil e são responsáveis por grande parte das chuvas no Centro-Oeste, Sudeste e no Sul. O termo “Rios Voadores” foi primeiro utilizado pelo Dr. Jose A. Marengo do CPTEC-INPE para caracterizar os jatos de vapor de água de baixos níveis ao leste dos Andes que se deslocam da Amazônia até o Norte da Argentina e está sendo usado num Projeto do mesmo nome por Gèrard Moss com um sentido mais amplo, que inclui todos os fluxos de vapor d'água que saem daquela região e se dirigem especialmente para o Sul.

A quantidade de vapor d’água transportada por esses rios voadores pode chegar a volumes maiores que a vazão de todos os rios do centro-oeste e ser da mesma ordem de grandeza da vazão do rio Amazonas (200.000 m3/s). O projeto Rios Voadores vai colocar uma lupa nestes processos, voando junto com os ventos, mostrando o vapor, coletando a chuva em busca das explicações e números.

O fim das contas, já se imagina, a resposta está na Amazônia.

O projeto "Rios Voadores pretende monitorar a trajetória dos "Rios Voadores" procurando entender as conseqüências do desmatamento e das queimadas na Amazônia sobre o balanço hídrico do país e sua participação no panorama das Mudanças Climáticas.

Os objetivos compreendem também:

Caracterizar a origem (DNA) do vapor d'água, das chuvas e dos rios nas regiões banhadas pelos Rios Voadores.

Revelar para a população dos grandes centros urbanos uma verdadeira nascente para os recursos hídricos brasileiros.

Conscientizar e valorizar a preservação da Amazônia como solução para as atividades econômicas do país.

Por: http://www.riosvoadores.com.br/