03/12/2007 Noticia AnteriorPróxima Noticia

No fim das contas a questão do lixo é uma questão de comportamento. Você é um consumidor ou é um consumista?

“Considero lixo uma coisa sem valor” Leonardo Alves, estudante;

“Alguma coisa que a gente joga fora, comida, embalagem...” Dábila Rodrigues, estudante;

“Não é só o que se joga fora, mas, principalmente o que se pensa sobre o lixo. O que se aproveitapara o trabalho de reciclagem e também a questão do consumo”. Marisa Brandão, bióloga.

“Acho importante separar o lixo”.Maria José dos Santos, dona de casa

No aterro sanitário de Nova Friburgo, são depositados 155 mil quilos trazidos todos os dias, o equivalente a 40 mil toneladas por ano. 

Existem vários tipos de lixo: orgânico (folhas, papéis, restos de alimentos, ossos, madeiras, etc).E o inorgânico (vidros, plásticos, metais;etc) enfim, tudoque é produzido pelo homem.

Tratar o lixo doméstico traz benefícios para a população e para o meio ambiente.

A palavra lixo pode ter definições e sentidos diferentes. Para muitaspessoas, é algo sem valor ou utilidade. Mas para outras, pode ser a principal fonte de renda.

Na cooperativa que funciona junto à EBMA em Nova Friburgo, existem 38 catadores que sustentam suas famílias com um salário mínimoque ganham por mês.

Dona Maria de Oliveiratrabalha na cooperativa e revela que considera a sua funçãomuito importante: “gosto daqui e dos meus colegas”.A catadora diz ainda que encontra diversos objetos no lixo: “já achei rádio que funciona, o relógio que estou usando e celular”.

Todo o lixo da cidade vai primeiro para a usina onde é separado tudo que tem utilidade, o que não tem é soterrado no aterro sanitário.

Segundo o coordenador do Centro de Educação Ambiental, Fernando Cavalcante, a coleta seletiva serve para limpar a sociedade e a natureza.  

Serve como fonte de recursos naturais, de matéria-prima e, fundamentalmente, serve ao meio ambiente na medida em que todo esse conjunto de benefícios pode garantir a sustentabilidade do século XXI.

“As reservas naturaisestarão esgotadas em função doconsumo”

Hoje, a coleta seletivagarante que boa parte desse lixo não vá mais para a natureza por um lado e garantindo matéria - prima para as indústrias.

A reciclagem é a melhor e mais barata forma de preservar o meio ambiente através do processo de reutilização de materiais orgânicos e inorgânicos. A quantidade de matéria-prima extraída da natureza é reduzida e a quantidade de lixo nos aterros sanitários também. A reciclagem é um benefícioà natureza, à sociedade e é um grande ganho: renda e emprego para as pessoas que estão envolvidas nisso.

Para ter uma idéia é necessário derrubar 20 árvores para produzir uma tonelada de papel.

Uma das alternativas para diminuir o desmatamento é a reciclagem.

Nos Estados Unidos e Europa 40% do lixo é reciclado, enquanto no Brasil, apenas 2%.

Diferença entre consumista e consumidor

O processo de reciclagem pode atenuar bastante os problemas causados pelas grandes quantidades de lixo. Todavia, o problema da excessiva produção de lixo tem raízes mais profundas. Estas raízes estão no comportamento dos indivíduos, justamente na diferença entre o consumo e o consumismo.

Consumismo é o ato de comprar produtos e/ou serviços sem necessidade e consciência. É compulsivo, descontrolado e se deixa influenciar pelo marketing das empresas que comercializam tais produtos e serviços. É uma característica do capitalismo e da sociedade moderna rotulada como “a sociedade de consumo”.

O consumista diferencia-se em grande escala do simples consumidor, pois enquanto este compra produtos e serviços necessários para sua vida, aquele compra muito além daquilo de que precisa.

O consumismo tem origens emocionais, sociais, financeiras e psicológicas onde juntas levam as pessoas a gastarem o que podem e o que não podem com a necessidade de suprir a indiferença social, a falta de recursos financeiros, a baixa auto-estima, a perturbação emocional e outros.

Estagiários da Universidade Estácio de Sá Nova Friburgo

Por: ForumSec21