Malcolm XMiguel de Unamuno

Mestre de Vida: Abraham Lincoln

Abraham Lincoln Abraham Lincoln 1809 - 1865

Abraham Lincoln

Lincoln foi um auto didata que se tornou advogado. Deputado Estadual nos anos 1830, tornou-se o 16.º presidente dos Estados Unidos, de 1861 a 1865.Foi o primeiro presidente republicano.

Seus discursos, trabalhos escritos e comportamento contêm todas as virtudes de uma grande alma e também altos ideais democráticos. Seu mérito maior foi compreender os problemas de sua época, principalmente, a importância da manutenção da união dos EUA.

No início da Guerra de Secessão (Guerra Civil Americana), Lincoln lutou para preservar a unidade política do país, que desejava se dividir em dois. Influenciou o curso da história ao assumir a liderança do Norte, não compactuando com a escravidão. Se expressava de maneira tão brilhante, clara e vigorosa que milhões aderiram seus ideais.

Ao fim da guerra, Lincoln teve uma visão moderada sobre a Reconstrução, unindo a nação com uma política de reconciliação generosa em face da persistente e amarga divisão. Foi assassinado e o país entrou em luto. É considerado por estudiosos e o povo como um dos três maiores presidentes dos Estados Unidos.

Ensinamentos:

Uma pessoa será tão feliz quanto sua mente decidir.

Quase sempre a maior ou menor felicidade depende do grau de decisão de ser feliz.

Senhor, minha preocupação não é se Deus está ao nosso lado; minha maior preocupação é estar ao lado de Deus, porque Deus é sempre certo.

Não poderás ajudar aos homens de maneira permanente se fizeres por eles aquilo que eles podem e devem fazer por si próprios.

Os princípios mais importantes podem e devem ser inflexíveis.

A melhor forma de destruir a seu inimigo é converter-lhe em seu amigo.

Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos todo o tempo.

Um boletim de voto tem mais força que um tiro de espingarda.

O campo da derrota não está povoado de fracassos, mas de homens que tombaram antes de vencer.

Quando pratico o bem, sinto-me bem; quando pratico o mal, sinto-me mal. Eis a minha religião.

Ninguém é suficientemente competente para governar outra pessoa sem o seu consentimento.

O meu pai ensinou-me a trabalhar; não me ensinou a amar o trabalho.

Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder.

Antes de começar a criticar os defeitos dos outros, enumere ao menos dez dos teus.

Não critiquem os outros; eles são exatamente o que nós seríamos sob idênticas condições.

O auto-respeito é a raiz da disciplina; a noção de dignidade cresce com a habilidade de dizer não a si mesmo.

VOLTAR À PÁGINA INICIAL