Vitor HugoMiguel de Unamuno

Mestre de Vida: Leon Tolstói

Leon Tolstói Leon Tolstói 1828 - 1910

Leon Tolstói

Lev Nikolayevich Tolstoi nasceu na Rússia e foi um dos grandes escritores da humanidade.

Com a morte prematura dos pais foi educado por preceptores. Na juventude bebeu muito e perdeu dinheiro no jogo. Dedicava noites às prostitutas. Depois repudiou esta fase de sua vida.

Em 1851, tomado de um vazio existencial, alistou-se no exército russo.

No final da década de 1850, criou uma escola, para filhos de camponeses. Escrevia todo o material didático e, ao contrário da pedagogia da época, deixava os alunos livres, sem excessivas regras e punições.

Tolstoi ficou famoso por tornar-se pacifista, cujas ideias contrastavam com igrejas e governos, pregando uma vida simples na proximidade à natureza.

Junto a Dostoiévski, Gorki e Tchecov, Tolstoi foi um dos grandes mestres da literatura russa. Suas obras mais famosas são “Guerra e Paz”, sobre as campanhas de Napoleão e “Anna Karenina”, mostrando o ambiente hipócrita da época e um dos retratos femininos mais profundos e sugestivos da literatura mundial.

Ensinamentos:

“Compreender tudo, é tudo perdoar.”

“A alegria de fazer um bem é a única felicidade verdadeira”

“O segredo da felicidade não é fazer sempre o que se quer, mas querer sempre o que se faz.”

“Não há grandeza quando não há simplicidade.”

“Cada um viveu tanto, quanto amou.”

“A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família.”

“O homem ama, porque o amor é a essência da sua alma. Por isso não pode deixar de amar.”

“O tempo e a paciência são dois eternos beligerantes.”

“Falar mal dos outros agrada tanto ás pessoas que é muito difícil deixar de condenar um homem para comprazer os nossos interlocutores.”

“É o destino imutável de todos os atores ativos que, quanto mais altamente colocados estiverem na hierarquia humana, menos livres serão.”

“Em verdade, as coisas boas acontecem a despeito de nossos desejos, por vezes até mesmo em oposição ao que desejamos, e muitas vezes, após nossa excitação e sofrimento por causa de coisas sem mérito.”

“O inverosímil em matéria de sentimentos é o sinal mais seguro da verdade.”

“Os que se chamam grandes homens são etiquetas que dão o seu nome aos acontecimentos históricos; e assim como as etiquetas, não têm relação com esses acontecimentos.”

“Está em meu poder servir a Deus ou não o servir. Servindo-o, acrescento ao meu próprio bem e ao bem de todo o universo. Não o servindo, abro mão do meu próprio bem e privo o mundo do bem que estava em meu poder criar.”

VOLTAR À PÁGINA INICIAL