Michel FoucaultAnatole France

Mestre de Vida: Albert Schweitzer

Albert Schweitzer Albert Schweitzer 1875 - 1965

Albert Schweitzer

Albert Schweitzer foi um teólogo, músico, filósofo e médico alemão. Formou-se em teologia e filosofia em Estrasburgo e tornou-se docente nesta Universidade. Além de ser um dos melhores intérpretes de Bach era também uma autoridade na construção de órgãos. Aos trinta anos tinha muita reputação como músico e prestígio como pastor de sua Igreja. Mas isto não era suficiente. Em 1905 iniciou o curso de medicina e, formado, partiu para a África onde necessitavam de médicos para missões humanitárias. Lá chegando, improvisou um consultório num galinheiro e atendeu a mais de 40 doentes por dia, durante quase 50 anos, inicialmente, enfrentando clima hostil, falta de higiene, desconhecimento do idioma, carência de remédios e instrumental insuficiente. Paralelamente ao serviço médico ensinava o Evangelho com uma linguagem apropriada, dando exemplos tirados da natureza sobre a necessidade de todos agirem em beneficio do próximo. Ficou na África, trabalhando como médico, no Gabão, até a sua morte aos 90 anos de idade.

Ensinamentos:

“O sucesso não é a chave para a felicidade. A felicidade é a chave para o sucesso.”

“Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da Criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.”

“A nossa civilização está condenada porque se desenvolveu com mais vigor materialmente do que espiritualmente. O seu equilíbrio foi destruído.”

“Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a unica.”

“A tragédia do homem é o que morre dentro dele enquanto ele ainda está vivo.”

“Os anos enrugam a pele, mas renunciar ao entusiasmo faz enrugar a alma.”

“O salgueiro que se curva à tempestade frequentemente escapa melhor que o carvalho que resiste a ela; e assim em grandes calamidades, algumas vezes acontece de espíritos frívolos e levianos recuperarem sua elasticidade e presença de espírito mais rapidamente do que aqueles com caráter mais nobre.”

“Só são verdadeiramente felizes aqueles que procuram ser úteis aos outros.”

“Uma ética que nos obrigue somente a preocupar-nos com os homens e a sociedade não pode ter esta significação. Somente aquela que é universal e nos obriga a cuidar de todos os seres nos põe de verdade em contato com o Universo e a vontade nele manifestada.”

“Não sei qual será o seu destino, mas uma coisa eu sei: os únicos dentre vocês que serão realmente felizes são os que encontrarem um meio de Servir.”

“Um homem é verdadeiramente ético apenas quando obedece sua compulsão para ajudar a vida que ele é capaz de assistir e evita ferir toda a coisa que vive.”

“A quem me pergunta se sou pessimista ou otimista, respondo que o meu conhecimento é de pessimista, mas a minha vontade e a minha esperança são de otimista.”

VOLTAR À PÁGINA INICIAL