Marco AurélioMiguel de Unamuno

Mestre de Vida: Rumi

Rumi Rumi 1207 - 1273 d.C

Rumi

Rumi foi um dos maiores poetas místicos que a espécie humana fabricou: Rumi nasceu onde é hoje o Afeganistão e morreu na Turquia. É considerado o criador do Sufismo, a vertente mais mística do islamismo.

Rumi acreditava que o exercício do amor era essencial para o amadurecimento e aperfeiçoamento dos seres humanos. Pregava a tolerância, a bondade, a paciência, a calma e a compaixão incondicionais.

Depois da sua morte, seus seguidores fundaram a Ordem Mevlevi, que são aqueles derviches que dançam, girando... Essa dança, chamada Sema, é uma forma de oração coletiva.

A UNESCO declarou 2007 o Ano Internacional de Rumi e para celebrar os 800 anos do nascimento do poeta, o governo da Turquia convidou 300 derviches de vários cantos do mundo para dançar na maior Sema jamais vista.

Ensinamentos:

“Ó amantes, abandonai as tolas ilusões. Enlouquecei, perdei de vez a cabeça.Erguei-vos do fogo ardente da vida. Tornai-vos pássaros, sede pássaros”

“...Na verdade, somos uma só alma, tu e eu. Nos mostramos e nos escondemos tu em mim, eu em ti. Eis aqui o sentido profundo de minha relação contigo, Porque não existe, entre tu e eu, nem eu, nem tu.”

“Apesar de aparecer na forma terrena,sua essência é pura consciência. Você é o destemido guardião da luz divina.”

‘Você tem dentro de você mais amor do que você jamais poderia entender.’’

“Quero cantar como os pássaros cantam, não se preocupar com quem ouve ou o que eles pensam.”

“O que você procura está procurando você.”

“A tarefa não é buscar o amor, mas apenas procurar e desfazer todas as barreiras dentro de si mesmo que você construiu contra ele.”

“Nossa maior grandeza está na suavidade e ternura de nosso coração...”

Para além das ideias de certo e errado, existe um campo. Eu me encontrarei com você lá.

“Você não é uma gota no oceano. Você é um oceano inteiro numa gota”

“Porque você permanece na prisão quando a porta esta completamente aberta ?”

“ Não sou cristão, nem judeu,

Nem mago, nem muçulmano.

Não sou do Oriente, nem no Ocidente,

Nem da terra, nem do mar.

Não sou corpo, não sou alma.

A alma do Amado possui o que é meu.

Deixei de lado a dualidade,

Vejo os mundos num só.”

VOLTAR À PÁGINA INICIAL