SiloGeorge Bernard Shaw

Mestre de Vida: Masaharu Taniguchi

Masaharu Taniguchi Masaharu Taniguchi 1893 - 1985

Masaharu Taniguchi

Masaharu Taniguchi nasceu em Kobe no Japão e foi o criador da filosofiareligiosa Seicho-No-Ie (Lar do Progredir Infinito), em 1930. Recebeu uma educação rigorosa de seu pai adotivo, descendente de Samurais. Iniciou seus estudos em literatura inglesa e filosofia ocidental e oriental.Tomou contato com as obras de Schopenhauer, Nietzsche e Oscar Wilde, que o levaram a refletir sobre os problemas da humanidade. Largou o curso superior por achar injusto estudar e se tornar alguém na vida, enquanto a maioria da população se consumia em trabalhos desgastantes e sofridos. Em 1929, depois de muito estudo e contemplação, ele reportou ter recebido uma revelação divina que o impeliu a apresentar uma nova doutrina à humanidade, num livro chamado “A Verdade da Vida”. Escreveu, a partir de então, sobre como a vida pode ser destinada a harmonia e a alegria, reconhecendo no interior do ser humano somente os bons sentimentos e que o mundo que nos cerca seria apenas um reflexo de nossa mente.

Ensinamentos:

“Tudo o que a mente humana pode conceber, ela pode conquistar...”

"Desde o princípio vivemos no mundo pacífico de Deus. É como se à nossa volta resplandecessem os claros raios do Sol. Mas, mesmo vivendo no mundo da Luz, se estivermos com os olhos cerrados, não enxergaremos a luz que brilha em torno de nós. A chave para solucionar o problema está em abrir a “janela da mente”.

"Cada experiência é um degrau para o progresso da alma. Não fique preso ao passado. Você está, agora, diante de uma nova experiência. Dedique-se a ela de corpo e alma, e verá surgir o próximo degrau de evolução."

"Veja somente o lado positivo das pessoas. Quem vê apenas o lado negativo dos outros cria um inferno para si próprio. Todas as pessoas têm o lado positivo e o negativo, possuem qualidades e defeitos. E, quando reparamos nos defeitos, estes parecem manifestar-se de modo mais acentuado."

"As pessoas podem tornar-se aquilo que imaginam ser. Quem se julga insignificante só poderá ser insignificante. Quem tem a convicção “Hei de ser um grande personagem” tornar-se-á realmente um grande personagem. Mas nada adianta ter essa convicção se levar uma vida ociosa. É preciso esforçar-se concretamente para alcançar o objetivo."

"As oportunidades parecem vir repentinamente de fora, mas, na realidade, somos nós quem as criamos e as fazemos acontecer. Existe um ditado antigo: “Ocorrem situações auspiciosas na casa onde há virtudes acumuladas”. Quem sempre dedica amor ao próximo e trabalha para dar alegria aos semelhantes terá naturalmente oportunidades que lhe trarão muita alegria."

“Amar não consiste em ver os defeitos de uma pessoa e tentar corrigí-los, nem em tocar-lhe as feridas doloridas. Amar consiste em envolver ternamente as feridas dessa pessoa, contemplar com carinho a Imagem Verdadeira perfeita que existe por trás dos defeitos aparentes, e, afirmando o seu aspecto verdadeiro,

mentalizar para que se desenvolva cada vez mais.”

VOLTAR À PÁGINA INICIAL