Rudolf SteinerSamuel Beckett

Mestre de Vida: Madame Blavatsky

Madame Blavatsky Madame Blavatsky 1831 - 1891

Madame Blavatsky

Elena Petrovna Blavatskaya foi uma escritora, ocultista e teóloga da Rússia, responsável pela sistematização da moderna Teosofia e da Sociedade Teosófica.

Personalidade complexa, dinâmica e independente, desde pequena mostrou possuir um caráter muito forte e dons psíquicos bastante incomuns que lhe trouxeramproblemas por toda a vida.

Após um casamento frustrado,partiu em um longo período de viagens pelo mundo em busca de conhecimento espiritual, entrando em contato com vários mestres e mahatmas erecebido um treinamentopara desenvolverpoderes paranormais, a fim de que pudesse ser instrumento para a instrução do mundo ocidental.

A partir de 1873 iniciou a sua carreira pública nos Estados Unidos divulgando a sabedoria esotérica, e em pouco tempo, se tornou uma figuramuito celebrada e polêmica

Escreveu 20 grandes obras entre elas: “ A Doutrina Secreta”, “Ísis sem Véu”, “Chaves para a Teosofia” ea “Voz do Silêncio”.

Ensinamentos:

“Se queres colher doce paz e descanso discípulo, semeie com sementes do mérito os campos de futuras colheitas.”

“O potencial da humanidade é infinito e todos tem uma contribuição a fazer por um mundo mais grandioso. Estamos todos nele juntos. Somos UM.”

“Meditação, abstinência em tudo, observação dos deveres morais, pensamentos agradáveis, boas ações e palavras amáveis, como também boa vontade com todos e o esquecimento do Eu, são os meios eficazes de obter conhecimento e preparar-se para recepção da sabedoria superior.”

“O egoísmo pessoal é que estimula o homem a abusar de seus conhecimentos e poderes. O egoísmo é um edifício humano, cujas janelas e portas estão sempre escancaradas para que toda espécie de iniqüidades entre na alma humana.”

“O universo é a combinação de milhares de elementos, e contudo é expressão de um simples espírito - um caos para os sentidos, um cosmos para a razão.”

“Se há um espírito imortal desenvolvido no homem, ele deve existir em tudo o mais, pelo menos em estado latente ou germinal; pode ser apenas uma questão de tempo para que cada um destes germes torne-se plenamente desenvolvido.”

“A Doutrina Secreta ensina o progressivo aperfeiçoamento de todas as coisas, tanto dos mundos como dos átomos. E este estupendo aperfeiçoamento não tem um começo concebível nem um fim imaginável. Nosso “Universo” é apenas um de um infinito número de Universos, “Filhos da Necessidade”, porque na grande cadeia cósmica de Universos cada elo acha-se numa relação de efeito com referência ao antecessor, e de causa com referência ao sucessor.”

“A harmonia no mundo físico e matemático dos sentidos é justiça no mundo espiritual. A justiça produz harmonia e a injustiça discórdia; a discórdia, numa escala cósmica, significa caos - aniquilação.”

“Um alto desenvolvimento das faculdades intelectuais não implica a verdadeira vida espiritual. A presença de uma alma intelectual humana, altamente desenvolvida numa pessoa... é perfeitamente compatível com a ausência de Buddhi, ou a alma espiritual. A não ser que o primeiro evolua ou se desenvolva dos ou sob os benéficos raios da última, ele permanecerá sempre e tão-somente uma progênie direta dos princípios terrestres, inferiores, estéreis quanto às percepções espirituais, sepulcro magnificente, luxurioso, cheio de ossos secos de matéria_ decomposta em seu interior.”

VOLTAR À PÁGINA INICIAL