16/12/2018

Expectativa x Frustração

Vera Calvet Vera Calvet
"Existe algo que só você pode fazer nesse mundo e por isso nasceu, por isso está aqui e agora, nesse planeta! Busque e faça o que veio fazer em sua vida, sem se limitar pelo que algumas pessoas digam!"

Não há como vivermos sem projetarmos alguma expectativa ou esperança em determinada direção, coisas ou pessoas, não é mesmo? É natural, faz parte de nossos movimentos de crescimento e autoconhecimento! Sem esperanças e expectativas positivas, nem nos moveríamos em direção à metas! Mas como nem sempre o que desejamos acontece, temos que aprender a lidar com uma coisa desagradável: a frustração!

E há quem lide tão mal com ela que perde o rumo se consumindo em raiva, tristeza, desânimo ou invalidação. Muitos são os que desistem de seus sonhos, pensando estarem, assim, se protegendo das frustrações. Mas ao viverem uma vida sem realizações, colhem muito mais frustrações como consequência!

Então, ou aprendemos a lidar com a frustração ou ela transforma nossa vida em um mar de desânimo e falta de poder!

Dizem que tudo o que desejamos realizar tem 50% de chances de sucesso e 50% de fracasso. Isso até pode ser verdade quando nossos desejos não estão alinhados com nossa verdade interior e autocrítica! Sem autoconhecimento podemos desejar coisas que não estamos aptos a realizar ou que na verdade não desejamos tanto assim! Daí, tudo vira um jogo de sorte ou azar! Mas quando temos mais autoconhecimento, nossos desejos e metas são muito mais realistas e as chances de sucesso são infinitamente maiores! E podem chegar a 100% de possibilidade de realização!

Quem cresce em ritmo constante em direção às metas, são as pessoas que percebem as frustrações, os erros, como sinais de que algo precisa ser corrigido ou aprendido. Essas pessoas não invalidam o desejo, mas corrigem passos e direções para atingi-lo! Essas são as pessoas que aprenderam a lidar com as frustrações positivamente! Usam a frustração como guias, como mestres no caminho!

A falta de autoconhecimento pode nos empurrar para objetivos falsos, sem percebermos. Pois podemos estar projetando desejos impostos pela sociedade ou pelas pessoas à nossa volta, sem levarmos em conta nossa verdade interior. Podemos estar desejando, por exemplo, profissões que não são nossa real habilidade.

Sem autoconhecimento, podemos nos enganar muito facilmente! E sem que o caminho externo esteja realmente uno com nosso eu interno, não há como obter realizações felizes! E apenas ter pensamentos positivos podem não ser suficientes para que nossas expectativas se realizem!

Positivo é estar no caminho correto! E esse caminho precisa estar em uníssono com nossa verdade interior e habilidades!

Acredito que cada um de nós tem ao menos um grande caminho de melhor expressão, que de alguma forma acaba por unir todas as nossas habilidades. E esse caminho, consonante com nosso verdadeiro eu, nos empurra ao crescimento e traz as oportunidades e a felicidade como consequência!

Todos nós temos uma base forte e indestrutível que é fundamentada em nossas reais qualidades de alma. Saber reconhecer o caminho a seguir é nossa melhor chance de não nos frustrar tanto com a vida! Mas saber usar a frustração a nosso favor, como sendo um sinal para correção de rota, é importantíssimo! Podemos nos fazer algumas perguntas sempre que nos sentirmos frustrados, a fim de corrigirmos nosso rumo:

1) O que eu pretendia alcançar de verdade com isso? Estive tentando controlar alguém de alguma forma?

2) Qual o sentimento que estava me motivando? Esse sentimento é nobre o bastante para que me abra portas e oportunidades positivas?

3) Qual minha melhor qualidade que posso usar agora para corrigir o rumo?

4) Eu desejo isso de verdade? Essa é minha melhor expressão? Estou disposto a trabalhar arduamente por isso?

Essas respostas podem nos ajudar imensamente! Tente! Perceba que, na verdade, você já conhece as respostas, mas pode não ter ousado respondê-las a si mesmo! Ouça sua verdade interior!

Existe algo que só você pode fazer nesse mundo e por isso nasceu, por isso está aqui e agora, nesse planeta! Busque e faça o que veio fazer em sua vida, sem se limitar pelo que algumas pessoas digam! Às vezes as pessoas falam de seus próprios medos e limitações, atribuindo-os a nós! Ouça a si mesmo! Ouse! Siga o seu coração! Construa sua visão e verá o quanto o mundo precisava disso! E somente você é quem pode fazê-lo, pois somos seres únicos e a cada um de nós cabe uma parte dentro da grande obra de construção de um mundo melhor!

Você pode e merece isso! E o mundo também! O mundo precisa de você!

Por: Vera Calvet

Vera Calvet é arquiteta, vice-presidente do Instituto Ráshuah do Brasil - Núcleo de Meditação e Terapias. Psicoterapeuta, escritora, instrutora de meditação e palestrante. Desenvolveu métodos terapêuticos voltados ao autoconhecimento e técnicas de Meditação, ministrados em todas as unidades do Instituto Ráshuah no Brasil e no exterior: http://www.rashuah.com.br

VOLTAR À PÁGINA INICIAL